— Happiness in Misery

Ir em baixo

— Happiness in Misery

Mensagem por Jordan Theon Pannetiere em Qui Jul 07, 2016 2:29 am

...jordan
fatos


NOME: Jordan Theon Pannetiere

IDADE: 27 anos

PROFISSÃO: Médico - Ortopedista

Status: Casado

CÔNJUGE: Keith Marie Pannetiere

NACIONALIDADE: Inglês

Família: Pannetiere (filho único)
infância


A infância de Jordan não foi fácil. Até seus 6 anos de idade, tudo foi como o esperado. Seus pais estavam felizes e tinham uma linda casa em um bairro bom da Inglaterra. Porém, por uma dívida de droga, seu pai foi assassinado na frente de casa, diante dos seus inocentes olhos, e também dos olhos de sua mãe que nunca viria a superar o que tinha acontecido com seu marido. Em poucas semanas, o pequeno Jordan pode perceber como sua mãe estava diferente: ela não parava de chorar, mal saía da cama e também não queria mais brincar com o pequeno.

Clary não sabia mais o que fazer de sua vida. Ela tinha um emprego que mal pagava o aluguel e tinha um filho para criar. Mas, como ia fazer tudo isso sem conseguir se levantar da cama? Jordan, por sua vez, acordava a mãe todo dia, a pegando pela mão e fazendo as mínimas coisas com ela, como escovar os dentes e fazer o café da manhã.

Com o passar dos anos, Jordan foi percebendo que as pequenas coisas que fazia, sua mãe sempre dava uma risada ou outra. Em um dia complicado para sua mãe, o garoto ouviu a mesma falar no telefone que ele era quem a mantinha viva com suas piadas diárias. Desde então, ele se encontrou criando novas piadas, e também procurando piadas em livros para contar para sua mãe, que cada dia mais ficava um pouco melhor com a morte do marido.

Desde então, o garoto desenvolveu uma personalidade muito brincalhona e descontraída. Aos dez anos, ele sabia que queria ajudar as pessoas a se sentirem melhor. Ele só não sabia que ia encontrar essa necessidade na medicina, ainda.
adolescencia


A adolescência do garoto não teve muitos problemas. Após finalmente conseguir um aumento e se mudarem para um apartamento menor no meio da cidade, clary conseguiu o dinheiro para consultar um psicólogo e também para comprar os remédios antidepressivos.  Aos dezesseis anos, Jordan já sabia que queria cursar medicina, e ele se achou estudando para um lugar onde não esperava nunca cursar: Oxford.

Sua vida estava, praticamente, perfeita. Jordan tinha vários amigos, e também uma namorada que tinha completa certeza que ia casar com ela. Porém, a garota não aguentou seus estudos contínuos que levaram o garoto a dar pouca atenção para ela. Em meio de brigas, términos, voltas e mais brigas, o pai de sua namorada, Grace, faleceu de um ataque do coração.

Porém, Jordan já sabia como lidar com isso. Ele só precisava fazer algumas piadas e era assim que ela melhoraria. Pelo menos era isso o que ele pensava. Contudo, Grace não gostou nem um pouco das piadinhas de Jordan, e finalmente resolveu falar porque brigava tanto com o garoto: ele era infantil e não sabia levar as coisas a sério, o que levou a morena a terminar com ele, dando ao garoto muito o que pensar aquela noite.

Durante cinco anos, Jordan mudou completamente sua atitude. O garoto passou da água para o vinho e, por ter entrado na faculdade e não morar mais com sua mãe, aquilo foi tudo mais fácil. Jordan não fazia mais piadas e seu humor era muito parecido com o céu da Inglaterra: cinza. Sua estadia na faculdade não envolvia festas, muito menos loucuras que envolviam a polícia.
 
fase adulta
Antes de começar seu primeiro ano de residência, Jordan voltou para a cidade para passar um tempo com sua mãe. Clary agora era casada com um homem de nome Jonathan, que era, assim como ela, um paisagista. Porém, ao ver a mudança de personalidade do filho, a mais velha entrou em um tipo de choque. Aquele não era seu filho. Depois de muito conversar com ele, Jordan finalmente falou para a mãe o que tinha o feito mudar tanto sua personalidade.

“-Jordan, meu filho, adultos são só crianças em um corpo grande. Não deixe que ninguém lhe diga como você deve ser, ou levar sua vida.” E, depois de algumas semanas na casa de sua mãe e visitando seus primos, tios e resto de parentes, Jordan finalmente notou que ele não se reconhecia mais com aquela personalidade e, finalmente, voltou a ser o garoto alegre e descontraído que era, seguindo fielmente o conselho de sua mãe: ser uma criança em um grande corpo.

Quando terminou sua residência, Jordan conheceu Keith no hospital que trabalhava e pela primeira vez sentiu um amor tão forte por alguém. A garota, apesar de ser árabe, tinha um sotaque texano e conseguia ser duas vezes mais estranha que ele. O garoto nunca achou que encontraria alguém assim em sua vida e uma amizade se tornou em um namoro, que se tornou em um noivado, que se tornou um casamento. Os dois eram os médicos mais amados de todo o hospital e, para a felicidade de Jordan, uma criança também estava no caminho.

O casal se mudou para Burkitsville depois de um evento muito estranho que tinha acontecido na cidade. Keith conversou com seu marido, e os dois decidiram ir para a cidade, para cuidar das irmãs mais novas da garota: Calliope e Charlotte. No final das contas, a cidade era boa para tomar conta de um bebê a caminho, e a proposta de emprego era, também, muito boa. 


avatar
Jordan Theon Pannetiere
médicos

médicos

Mensagens : 12
Data de inscrição : 04/07/2016
Idade : 29

Voltar ao Topo Ir em baixo

Voltar ao Topo


 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum