[RP] breathe in the ocean

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

[RP] breathe in the ocean

Mensagem por Frances Kohls Völkers em Qua Out 12, 2016 9:40 am


I'm sick And I'm tired too
❝I can admit I am not fireproof I feel it burning me Swim with me I think I could see the beach I know what's underneath I need you here with me But we're out in the open ❞

where? BEACH HAMPSHIRE
with? alone
outfit? this


Sinto os dedos de meus pés tocarem os grãos de areia da margem da praia. Meus dedos se contorcem um pouco, tentando sentir sua textura sobre a pele. São gelados, pois o sol não teve tempo o suficiente de aquecê-los, mas o toque não é desagradável. Dou um sorriso largo. E como não dar ao me deparar com uma grandiosidade majestosa de coloração azul e ondas calmas a minha frente? Me abraçando com seu aroma característicos e com seu som suave e reconfortante. Eu estou em casa. Burkittsville talvez não pudesse ser, mas aquele pequeno pedaço, o pedaço mais importante, era. E ali era meu refúgio de tudo.

Caminho em direção ao mar, e em um determinado momento eu passo a correr. Corro até que sinto a água gelada entrar em contato com minha pele, e continuo andando até que ela me abrace por inteira.

Voltei para Burkittsville. Depois de dois meses maçante.

Voltei porque não era como se tivesse um leque de escolhas a minha disposição. Poderia ir para outros lugares, é claro. Poderia, posso, e vou. Não agora, não esse ano, e talvez não no próximo. Mas ainda sim eu irei pegar minha mala e sumir daqui. E ninguém saberá mais de Frances.

Minha vida está um caos, minha mãe decidiu reatar com meu pai e eu não consigo imaginar uma coisa pior. Ela voltou para Nova Iorque, e eu escolhi ficar aqui. Apesar de eu amar a cidade, não quero ficar em um lugar onde meus pais estejam. O que doí, pois apesar de tentar mascarar o tempo todo com minha fachada rebelde diante de meus pais, eu queria muito estar naquela cidade. E não aqui, nesse farol de assassinatos.

Dois meses atrás eu ia para Nova Iorque com minha mãe. Foi quando ela decidiu arrumar as malas delas aqui, soltar todos os nós e voltar com meu pai, cansada dessa aura de morte que rondava Burkittsville. Ela me levou, mas eu já adiantava que não ficaria. Jamais ficaria. Não é exagero, não é drama – apesar de meu histórico pôr em dúvida isto -, mas eu preferiria estar sujeita a assassinatos do que morar com meus pais.

Um dia, sei que fui raio de luz. Hoje, talvez esteja mais para nuvens de tempestades. E tenho certeza de que parte de meu brilho Thomas levou com ele. Era uma ferida recente. Doía cada vez que eu pensava nele, como se, de repente, minhas memórias de nós dois não fosse algo que me incendiava de amor, mas que me envenenasse. Me apeguei tanto a ele que fico perdida em sua ausência.

Dou meia volta para voltar para a areia. Estou com medo de me afogar. Não dentro da imensidão do mar, mas dentro de mim mesma. Dentro de meus sentimentos.

Passo as mãos nos cabelos, jogando os fios encharcados para trás. Antes de sai, faço uma reverência e agradeço silenciosamente por, mais uma vez, o mar ter me ouvido e me acalmando.

ENCERRADO
avatar
Frances Kohls Völkers
natação (u)

natação (u)

Mensagens : 71
Data de inscrição : 27/06/2016
Idade : 20
Localização : P. Sherman, 42 Wallaby Way, Sydney

Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum