[RP] Heaven Knows

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

[RP] Heaven Knows

Mensagem por Sylvana S. Valentinne em Seg Set 05, 2016 12:52 am

Oh, Lord, heaven knows
We belong way down below


LOCAL: Shopping;

PARTICIPANTES: September W. Proudmoore, Sylvana S. Valentinne, Alexander P. Loveridge;

HORA: 17 horas;

STATUS: Fechada; +18
avatar
Sylvana S. Valentinne
lacrosse (u)

lacrosse (u)

Mensagens : 14
Data de inscrição : 27/07/2016
Idade : 21
Localização : Burkittsville

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [RP] Heaven Knows

Mensagem por Sylvana S. Valentinne em Seg Set 05, 2016 1:36 am

Nam...


A única diferença entre a loucura e a saúde mental é que a primeira é muito mais comum. Para tornar a realidade suportável, todos temos de cultivar em nós certas pequenas loucuras.
— Um amarelo! Não, não... Um vermelho! Ahn... Talvez um rosa? Sabe... Outro dia eu li em um site na internet que as cores que usamos como esmalte, na maioria das vezes, nos representam. Eu não sou lá uma pessoa muito visível para a sociedade, e para te falar a verdade, não sei bem o que me representa nesse mundo tão... chato — discursou Sylvana para a manicure, que já estava exausta de tanta besteira vinda da loira. — Será que você pode fazer o favor de apressar o processo? É que eu ainda pretendo voltar para casa, casa, hoje, sabe? Eu tenho uma casa, é bem legal. — Finalizou a jovem, inquieta, enquanto a manicure suspirava de raiva.
— Terminei! — Após 15 minutos de puro tédio e conversa sem sentido, Lia, a manicure, solta um grito de felicidade. — Você pode pagar no caixa, por favor. — Apontou.
Sylvana sorriu enquanto caminhava até o caixa. Para ela, o clima estava ótimo, assim como o assunto sobre porquê cavalos não podem voar.
— Muito obrigada... Muito obrigada! Vocês são um amor, amo demais este salão, com certeza estarei aqui semana que vem. — disse Sylvana após pagar, acenando para Lia.
Passeando pelo shopping, parando de loja em loja, a loira estava abismada com o preço, que infelizmente, não era de verdade o preço, mas sim o código do produto... Até que, ao esbarrar em um pilar, um anúncio de um estúdio de tatuagens chama sua atenção! ''É isso, mais uma tatuagem!'' Pensou a jovem, desgrudando o papel do pilar e partindo em direção a ele.
Não demorou muito para ela encontrar o local, que por fora, era todo chamativo.
— Quero, quero, quero, quero sim!!! — Segurou o papel contra o vidro com sua mão direita, encarando todos no recinto com os olhos arregalados enquanto repetia sem parar a mesma palavra, até que uma das funcionarias saiu na porta, perguntando:
— Você gostaria de entrar? Somos novos aqui, promoção.
Aquelas palavras foram o suficiente para que Sylvana soltasse o pedaço de papel e entrasse no estúdio como sua vida dependesse daquilo.
— Tatuador... quem é? Alô? — perguntou...
avatar
Sylvana S. Valentinne
lacrosse (u)

lacrosse (u)

Mensagens : 14
Data de inscrição : 27/07/2016
Idade : 21
Localização : Burkittsville

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [RP] Heaven Knows

Mensagem por Alexander P. Loveridge em Seg Set 05, 2016 7:59 am

Nothing could stop the two of us
Let's just get lost, that's what we want


Como em todos os dias, minha rotina ia se repetindo: o roncar da moto, o estacionamento do shopping e algumas boas horas no estúdio de tatuagem. Quando começasse a anoitecer então, eu iria para a faculdade, assistiria às aulas que faltavam para que eu completasse meu curso, iria para a casa e dormiria, para acordar 9:00 no dia seguinte e começar tudo de novo. Eu não era o maior fã de rotinas, mas ultimamente elas eram minha válvula de escape da insanidade. Ter tempo para pensar poderia ser um problema quando eu passava por aquele pequeno inferno e era muito melhor quando estava simplesmente distraído: sem tempo para respirar, sem tempo para mim. Pelo menos assim eu conseguia tirá-la da minha cabeça.

Tirei o capacete e caminhei em direção ao estúdio de tatuagem do qual eu havia acabado de me tornar sócio. Abri um sorriso para Sandy que - como em todos os dias - estava atrás do balcão e pousei o objeto sobre a madeira, recebendo os olhares sempre sarcásticos ou desanimados da menina de fios azulados.

-Bom dia, Sandy. Seu humor já começou por iluminar o meu dia... Como de costume.

Lhe dei uma piscadela sarcástica e segurei a risada quando a vi revirar os olhos. Sandy pegou meu capacete sobre o balcão e o colocou no compartimento para que ele não fosse levado por algum cliente.

-Seu sarcasmo me encanta, Alec. Não sei como não me apaixonei perdidamente por você ainda.

-Você acha que não se apaixonou perdidamente por mim. Esses sonhos que tem comigo todas as noites significam alguma coisa, sabia?

A menina revirou os olhos mais uma vez e não consegui segurar o riso. Caminhei em direção à minha sala, deixando minha pequena conversa matinal de lado, e pendurei a jaqueta de couro próxima das prateleiras repletas de todas figuras de ação colecionáveis e alguns artefatos raros de bandas de rock. Eu não sabia onde meu sócio havia encontrado todos aqueles objetos, mas uma coisa era certa: ele havia mandado muito bem.

Peguei meu celular e revirei os olhos ao encontrar uma mensagem de Amber. Eu havia tentado bloquear o seu número algumas vezes, mas por alguma razão ela sempre conseguia me contatar de novo. Eu ainda estava extremamente abalado com nosso encontro no dia anterior e havia tentado me ocupar ao máximo para não pensar naquilo, para não pensar nela. Alec, você é doente. Não. Eu só poderia estar ficando louco.

-Ei, Sandy. Como está a agenda para hoje?

Gritei de dentro da sala, ouvindo os passos da garota conforme ela abria a porta e fazia uma careta pelo barulho. Abri um sorriso exagerado, conforme ela aparecia acompanhada de uma garota de longos cabelos loiros.

-Essa menina deu sorte. O último horário não poderia vir, lembra? Ele ligou ontem cedo. Enfim, ela vai entrar como encaixe. -Sandy contou, abrindo espaço para que a loira passasse e entrasse na sala. -Boa sorte.

Balancei a cabeça em negação com o comentário final da minha assistente e sorri, tentando não rir de forma debochada na frente de um cliente. Me virei em direção à gaveta e tirei os materiais, deixando-os prontos, ainda lacrados para quando a menina me contasse o que ela pretendia desenhar. Me virei em direção á ela e então ergui a mão em cumprimento.

-Bom dia, meu nome é Alec. O que vamos desenhar hoje? -Perguntei em curiosidade, olhando rapidamente para o relógio. -Essa sessão é de duas horas, então se quiser desenhar o Trump ou o Obama na nádega esquerda - e acredite, tem gente tatuando isso - vamos precisar de marcar outras sessões. Mas você não tem cara de quem gostaria de desenhar um lunático ou um presidente, certo?

Sorri em tom divertido, pegando um lápis e uma folha de papel. Ergui uma sobrancelha, observando cuidadosamente a peculiar garota de cabelos claros.

-Se quiser, podemos pensar em algo juntos aqui... A não ser que já tenha trazido um desenho pronto.


MARK MY SOUL AND HOPE TO DIE
avatar
Alexander P. Loveridge
luta (u)

luta (u)

Mensagens : 71
Data de inscrição : 27/07/2016

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [RP] Heaven Knows

Mensagem por September W. Proudmoore em Seg Set 05, 2016 4:08 pm




tattoos




'
You need something that people can see . visual stimulation. And believe me, there is no stimulus that crazy people .
O vento percorre os campos em que se mantemos na cidade, digamos que uma pequena parcela de frio atingia o jovem Proudmoore, ou era isso que ele pensava. Sempre soube da sua adoção e que seus pais existiam em algum lugar por aí, aquela manhã parecia calma, sem muito com que se preocupar. O moreno desce até a cozinha como sempre e o café da manhã está servido, porém com o cômodo completamente ausente de pessoas. Um pequeno pedaço de papel jogado ao canto com seu nome listado à frente era a única coisa visível ali, mas em momento algum pensou em se remeter aquilo, mesmo que a curiosidade fosse algo que o corroía por dentro. Podia ser um documento da faculdade, por isso deixou com que passasse a carta com o ‘’W’’ destacado em toda sua frente, que mais lhe lembrava uma empresa muito famosa americana.

O que fazer no dia de hoje para que ele se torne o menos entediante possível? September apanhou as chaves do seu carro sem um rumo correto, não demoraria muito até que ele parece no shopping. Boatos que bem recentemente tinham aberto um estúdio de tatuagens nas redondezas, não sabia com exatidão onde era, pois tudo que chegava em seus ouvidos tinham algumas partes desconsertadas. Ao chegar sobre o grande edifício, estacionou seu carro em qualquer lugar no shopping, não se importava com multas, teria dinheiro suficiente para pagar, já os pontos na carteira colocavam em um de seus funcionários.

Depois de comprar dezenas de peças de roupas, um tanto exausto de andar com aquelas sacolas ligou para que alguém viesse buscar as mesmas, se tornava um pouco cansativo, as horas passaram voando, batendo no relógio do edifício 16:30 da tarde. Todas as coisas ficarem no guarda volume, seus passos foram mais ligeiros ao segundo andar, onde o garoto acabava de ver o estúdio que tanto queria desde o princípio. Adentou o estabelecimento com um pouco mais de cautela, solicitando a recepcionista um horário, e por sua surpresa todos já haviam sido preenchidos. Relutando o moreno ainda tentou fazer com que forçasse e pedisse, até avistar a loiro em uma sala, deixando com que pequenos sorrisos fugissem dos lábios. –Bem, minha namorada está aqui, não vejo problemas para acompanhar ela nessa sessão, certo? –Argumentou com a mulher a qual estava a cumprir o seu trabalho.

Observou a face alheia da loira ao chega com tamanha proximidade para isso, fechando a porta, dando uma piscadela ao tatuador, único que não era familiar. –Acho que ela trouxe um desenho e tanto, não Valentinne? –Alguns risinhos fugiram de seu controle, sentando-se a cadeira ao lado, com sua jaqueta de couro apoderada as mãos, as calças jeans colocadas ao corpo, e uma pequena blusa branca ao decorrer de tudo. –Falam que você é muito bom, estou aqui para confiar isso. –Disse em direção ao outro garoto ali presente.






avatar
September W. Proudmoore
populares (u)

populares (u)

Mensagens : 27
Data de inscrição : 28/06/2016

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [RP] Heaven Knows

Mensagem por Sylvana S. Valentinne em Seg Set 05, 2016 7:17 pm

Nam...


Para a sorte da garota, o último horário não pôde comparecer, deixando um espaço vago para outro cliente sem hora marcada. Se já não bastassem os olhos arregalados de felicidade, após a fala da funcionária, estes encheram de água. Que legal, que legal, mais uma tatuagem!!!
— Desenho pronto? Ahn... — murmurou Sylvana, seguindo Alec, o tatuador. —  Eu gosto de muitas coisas, sério. Mas tipo, tem dias que eu não gosto dessas coisas, sabe? Eu gosto de pôneis, caso não saiba, pôneis são iguais a cavalos, mas eles podem voar e possuem chifres pontiagudos em suas cabeças. Inclusive, eu já me cortei uma vez, fui parar no hospital. Foi tão legal, mas sabe? — Esticou os braços para o alto e em seguida desamarrou a blusa da cintura, jogando na direção de Alec. — Mas... Não sei o que eu quero, você sabe? — questionou.
Para Sylvana, uma tatuagem era muito mais do que um desenho ou um símbolo visível para os outros, era algo único, algo especial.
— Eu que... — Antes que a jovem pudesse terminar sua frase, uma voz peculiar chama sua atenção. September, seu amigo. Desviando o olhar, ela o vê parado na entrada do estúdio, falando com a funcionária. Namorada? O quê?
Em sequência, este adentrou a sala e fechou a porta, cumprimentando Alec com uma piscada. Sylvana apenas o seguia com o olhar, observando as ações do jovem com o dedo na boca, desligando-se completamente de tudo à sua volta, exceto ele.  
— Eu conheço você, sim, conheço! O que está fazendo aqui, você? — A mais nova caminhou em direção a September, segurando seu rosto com as duas mãos. — Está diferente. Fez algo na cara? Parece que fez, não sei, talvez aqui está diferente, ou aqui... — Enquanto dizia coisas sem sentidos para September, ela apertava o rosto do rapaz das mais diversas formas, assim como introduzia o dedo indicador em sua boca e nariz, não se importando com as possíveis reações.
— Eu vou fazer uma tatuagem hoje, sabia? Tenho dinheiro para isso. — articulou a September, ainda com o dedo indicador na boca do rapaz.

Roupinha, clique.
avatar
Sylvana S. Valentinne
lacrosse (u)

lacrosse (u)

Mensagens : 14
Data de inscrição : 27/07/2016
Idade : 21
Localização : Burkittsville

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [RP] Heaven Knows

Mensagem por Alexander P. Loveridge em Ter Set 06, 2016 10:03 am

Nothing could stop the two of us
Let's just get lost, that's what we want


Eu não sabia exatamente como reagir. A menina de cabelos loiros definitivamente se encaixava ao adjetivo "peculiar", e por mais que aquilo fosse provavelmente custar maior estadia no inferno, me divertia. Eu não queria estar a encarando com uma expressão de interrogação misturada com uma de incredulidade e diversão, mas eu não conseguia tirar o sorriso debochado do rosto, por mais que eu devesse. Ela falava comigo e parecia se perder em suas palavras, o que era confuso e engraçado ao mesmo tempo. Eu sabia que não lidava com pessoas naturalmente normais em minha área de atuação, mas eu nunca havia visto nada parecido. Cheguei a checar o pulso da menina para me certificar de que não havia alguma etiqueta de hospital psiquiátrico ou coisa do tipo.

Deus, Sandy tem que ver isso. Segurei o pensamento maldoso mais uma vez. Alec, você não pode tirar sarro das pessoas. Assenti ao que a menina falava por mais que eu tivesse parado de prestar atenção há muito tempo. Eu não sabia se estava sendo preconceituoso, mas para uma pessoa que parecia tão caótica em seus próprios pensamentos, ela não deveria andar por aí sozinha. E como se alguém mandasse uma resposta aos meus questionamentos, o elenco daquela cena aumentou quando uma terceira pessoa entrou na sala.

Ergui uma sobrancelha, abrindo um sorriso de canto para um garoto de cabelos castanhos que parecia acompanhar a loira. E aquilo me aliviou. De duas coisas, uma: ou eu estava ali com uma garota com algum tipo de peculiaridade e seu acompanhante, ou estava lidando com dois fugitivos de algum hospital psiquiátrico. Mas não era problema meu. Se a moça tinha dinheiro e queria uma tatuagem, eu iria lhe dar uma bendita tatuagem. Era para isso que eu estava ali. Deus, desde que não fosse um pônei na bunda.

-Tudo bem. Não tem problema não trazer um desenho, vamos fazer uns rabiscos aqui, ok? Me diga o que você gosta na maioria das vezes, além de cavalos ou... Unicórnios.

Eu tive que segurar a risada mais uma vez. Revirei os olhos. Aquela seria uma longa sessão, mas eu estava sendo pago para isso, então tudo bem. Olhei para o rapaz em seguida, cruzando os braços.

-Fico feliz de estarmos crescendo aqui na cidade. -Sorri de canto. -Modéstia parte, eu costumo mandar bem com os desenhos. Por que não me fala também algo que gosta para desenharmos e em uma próxima oportunidade eu o tatuo em você?

Voltei a olhar para a moça, pegando um pedaço de papel de um lápis grafite.

-Quando quiser.



MARK MY SOUL AND HOPE TO DIE
avatar
Alexander P. Loveridge
luta (u)

luta (u)

Mensagens : 71
Data de inscrição : 27/07/2016

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [RP] Heaven Knows

Mensagem por September W. Proudmoore em Ter Set 06, 2016 2:25 pm




tattoos




'
You need something that people can see . visual stimulation. And believe me, there is no stimulus that crazy people .
Não foi muito dificultosa a entrada após dizer que a loura era sua namorada, porém o que ela iria fazer daquele momento em diante era algo que o deixava modestamente curioso. Antes que o jovem conseguisse ao menos raciocinar direito a garota apertou sua face, não podia negar que até ali era um pouco mais desconfortável do que imaginava, mas não hesitou em sorrir. –Meu rosto continua normal, ainda lindo, hum? –Argumentou o garoto, sentindo o indicador da garota explorar o interior de seu rosto. Franziu a testa com a parte a qual ela se tatuarei, passando a língua em toda extensão do dedo da mulher, dando uma breve mordidinha após o ato, deixando que um pouco mais de ousadia fosse o suficiente para confortar aquele momento. –Fico feliz... Já pensou onde vai ser? –Questionou, sentando-se a cadeira para analisar o tatuador, com modesta curiosidade.

O homem em frente parecia gostar do que fazia, o que me deixava com que September ficasse um pouco mais apreciado, e confortável em estar ali. Percebendo que tinha demasiada atenção, passando a língua ao arredor de seus lábios rosados, cruzando os braços em seguida. –Você aparentemente faz um bom trabalho, fico feliz que esteja indo tudo muito bem. –Escutou a parte em que também poderia escolher uma tatuagem, se aproximando sutilmente do outro, se apoiando a cadeira dele, ficando abaixado a altura da cintura do mesmo, observando o papel a frente. –Talvez... Um lobo? –Argumentou, tocando com os dedos com calmaria ao lápis, ainda com a mão alheia presente nele, e sua cara sugestiva. Desta fez encostou-se com a cabeça sutilmente ao abdômen do moreno, fazendo um aceno mais positivo.

Volveu a sua posição anterior ficando lado da garota de cabelos louros, onde seus dedos passaram pela nuca da mesma, segurando seus cabelos com determinada pressão, onde instalou um beijo mesclado com audácia e determinado calor que se transmitia entre os lábios. Envolveu o corpo dela com o seu, brincando com cada centímetro da boca alheia, entrando em uma batalha continua para conseguir dominar a língua da mesma. Foi finalizando aos poucos, dando pequenas rajadas de ar, seu hálito era refrescante, gostoso até certo ponto. –Vamos amor, quando quiser. –Se pronunciou em um tom um pouco mais irônico.







avatar
September W. Proudmoore
populares (u)

populares (u)

Mensagens : 27
Data de inscrição : 28/06/2016

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [RP] Heaven Knows

Mensagem por Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum