[RP] Undo The Storm

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

[RP] Undo The Storm

Mensagem por Beatrice C. Iskander em Dom Set 04, 2016 9:00 pm

Undo The Storm

NOME DA RP: Undo The Storm
PARTICIPANTES: Malia G. Füher Morello & Beatrice C. Iskander
LOCAL: Piscina
STATUS: Encerrada
INTERAÇÃO: RP Fechada para outros usuários.



Última edição por Beatrice C. Iskander em Ter Set 20, 2016 5:25 pm, editado 1 vez(es)
avatar
Beatrice C. Iskander
rebels (u)

rebels (u)

Mensagens : 29
Data de inscrição : 31/08/2016
Idade : 21
Localização : Na casa de você sabe quem

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [RP] Undo The Storm

Mensagem por Beatrice C. Iskander em Dom Set 04, 2016 9:31 pm

Undo The Storm

So wait for the new

N
ão acredito que você teve coragem de me ligar depois de ir embora daquele jeito! — gritei no telefone.

Aparentemente meu pai, Rajan, tinha a cara de pau de ligar pra mim depois de ir para a Turquia sem ao menos dar uma despedida decente e ficar sem dar notícias por anos. Como já era esperado, o turco filho da puta tava quebrado e queria falar com Louis, meu outros pai que havia sido traído por ele, para pedir dinheiro. Descarado? Nem um pouco.

— Por favor, eu realmente preciso desse dinheiro! Nós estamos falidos! — respondeu o homem com um tom de desespero.

— Então pede pro seu macho e pra sua família. Não ligue nem pra mim e nem para o papai de novo, ouviu bem? Se você fizer isso eu vou te caçar até no inferno pra te matar e garanto que vai ser uma morte lenta. — Desliguei o celular, não dando chance para que ele respondesse algo.

Era doloroso ouvir aquela voz de novo, imaginar o rosto sorridente de meus pais antes de Rajan estragar tudo. Não me dei conta quando as lágrimas começaram a cair, faltava pouco tempo para as aulas começarem e seria complicado lidar com toda aquela carga. Ficar dentro do dormitório também não era uma opção, deixando claro o melhor lugar para se estar naquele momento.

Troquei de roupa, colocando uma calça jeans preta e camisa branca. Meus sapatos eram óbvios, considerando que a única coisa que aguentava calçar eram os tênis gastos que usava desde meus anos de colégio. Saí do quarto, andando em direção ao lugar mais vazio daquela faculdade inteira.

Ao chegar na piscina, sorri notando que realmente não havia ninguém. A água estava parada, o silêncio prevalecia. Dei um suspiro aliviado ao observar que as arquibancadas não estavam encaixadas umas nas outras, dando a possibilidade de deitar ali. Obviamente foi o que fiz, cobrindo os olhos com os braços para tapar toda a luz ainda presente.

Desconheço a quantidade de tempo que fiquei ali, entretanto fiz questão de continuar acordada, não tinha nenhum motivo para dormir.



Última edição por Beatrice C. Iskander em Qua Set 07, 2016 2:14 pm, editado 1 vez(es)
avatar
Beatrice C. Iskander
rebels (u)

rebels (u)

Mensagens : 29
Data de inscrição : 31/08/2016
Idade : 21
Localização : Na casa de você sabe quem

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [RP] Undo The Storm

Mensagem por Malia G. Füher Morello em Ter Set 06, 2016 9:32 pm


Controlla
I'LL TAKE IT NICE AND SLOW, FEELING GOOD ON MY OWN WITHOUT YOU. YEAH. GOT ME SPEAKING IN TONGUES, THE BEAUTIFUL IT COMES WITHOUT YOU. I'M GONNA PUT MY BODY FIRST AND LOVE ME SO HARD 'TILL IT HURTS. I KNOW HOW TO SCREAM OUT THE WORDS.
Depois de uma mudança indesejada para estar presente no dia do casamento do Füher que tomava conta dos problemas da cidade - o delegado -, era óbvio de que uma adaptação rabugenta seria a única coisa a se esperar. Já tinha noção de que era uma pessoa difícil de lidar, mas o que parecia passar despercebido para as demais pessoas, era o fato de que eu nunca gostava de coisas que fugissem do meu planejamento. Certamente qualquer um traça rotas e caminhos pelos quais gostaria de seguir, e o meu já estava sendo seguido a dois anos, residindo na França, pronta para uma vida agradável, longe de pessoas das quais não estava muito a favor de estar mantendo uma convivência. — Franz! Você precisa voltar logo para o aeroporto, e desculpe-me por não levá-lo, ma petit... Mas odeio despedidas. Então, vou me dispor de um pequeno passeio para me distrair. — a ponta das unhas afiadas tamborilavam na mesa ao lado da poltrona propositalmente posta ali. Franz era o meu melhor amigo gay e futuro mestre gastronômico parisiense. Ele não dava a mínima pinta, e por muitas vezes já fomos considerados um casal, o que não nos causava o mínimo impacto, constrangimento ou repulsa, afinal... Algo já tinha acontecido, de fato. Trocamos um último abraço apertado, mas logo me livrei de seus músculos destacados pela camisa pólo, suspirando por ter de deixá-lo ir.

Alguns minutos após ele ter deitado o quarto, pus-me a andar por aí, dando-me a oportunidade de reconhecer aquele lugar como minha nova morada, e já que não tinha feito um tour pelo local, estava na hora de conhecer alguns pontos. O clima estava favorável ao tempo, e tudo parecia em seu devido lugar. O movimento escasso deixava uma tranquilidade fluir através de meu corpo, permitindo-me sentir a angústia da partida de Franz de volta para a França, onde ele havia passado toda a noite chorando silenciosamente, assim como eu. Poderíamos negar até a morte, mas era claro demais o fato de que tínhamos um vínculo parabatai fazia eu me sentir como se um pedaço meu estivesse faltando, e por mais que não fizesse o meu estilo me deixar sentir como se estivesse despedaçada. Acabei chegando até a piscina, notando que o movimento era nulo por ali, com exceção de uma outra garota deitada, a quem não diz menções de perturbar. Como estava usando uma blusa branca com listras rosas na horizontal - de tecido fino o suficiente para permitir que o vento ultrapassasse o tecido e encontrasse minha pele - de mangas longas repuxadas até os cotovelos, um short jeans claro em um tom de cinza-azulado, com um vans rosa nos pés. O cabelo preso em um rabo de cavalo alto dava-me um certo ar de parecia ter um pouco menos do que a real idade que tinha, fora a maquiagem leve acompanhada do batom rosa clarinho e uma bolsa a tira-colo da Chanel. Resolvi me sentar não tão distante da menina, mas também, não tão perto. Não emiti nenhum ruído, apenas dando-me o trabalho de sentar e encostar os cotovelos na parte superior da coxa, deixando o olhar pairar na piscina.


a little more touch my body
avatar
Malia G. Füher Morello
lacrosse (u)

lacrosse (u)

Mensagens : 11
Data de inscrição : 30/08/2016

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [RP] Undo The Storm

Mensagem por Beatrice C. Iskander em Ter Set 06, 2016 11:00 pm

Undo The Storm

So wait for the new

R
evirei os olhos ao ouvir a porta da piscina ranger, mostrando que alguém havia entrado ali. Não, me mexi muito, torcendo para que não fosse alguém que iria me arrastar para a aula e, se fosse, preferia fingir que estava morta.

Tirei uma parte de meu braço do rosto, olhando quem havia chegando por ali e notei uma garota mais ou menos de minha idade, obviamente estudante. Ela não falou comigo, mas sabia que tinha notado que estava ali. Sentou-se por perto, no entanto ainda assim distante.

Continuei em silêncio. Não queria incomodá-la, porém também não queria ficar naquele silêncio tão desconfortável aos meus olhos. Demorou um pouco até decidir que devia puxar assunto de uma vez por todas, afinal, seria impossível saber a reação da menina sem fazer nada.

Caminhei na direção da moça, os passos eram tímidos e silenciosos. Parei a alguns poucos metros dela, meus lábios contorcendo em um sorriso leve e até mesmo simpático.

— Aqui é bem legal, né? É bom pra fugir do mundo quando não tem treinos de natação. — lhe disse de uma maneira entre o animado e o calmo. — Nunca te vi por aqui antes, acredito que lembraria se tivesse. Como se chama?

Me esforçava para passar uma boa impressão, o que não é muito fácil dependendo de algumas situações. Não acho que gostaria de me enturmar com uma tatuada que mata aula pra ficar deitada na arquibancada.


avatar
Beatrice C. Iskander
rebels (u)

rebels (u)

Mensagens : 29
Data de inscrição : 31/08/2016
Idade : 21
Localização : Na casa de você sabe quem

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [RP] Undo The Storm

Mensagem por Malia G. Füher Morello em Qua Set 07, 2016 12:51 pm


Controlla
I'LL TAKE IT NICE AND SLOW, FEELING GOOD ON MY OWN WITHOUT YOU. YEAH. GOT ME SPEAKING IN TONGUES, THE BEAUTIFUL IT COMES WITHOUT YOU. I'M GONNA PUT MY BODY FIRST AND LOVE ME SO HARD 'TILL IT HURTS. I KNOW HOW TO SCREAM OUT THE WORDS.
Após alguns minutos passados em completo silêncio, ainda com o olhar mantido na água mansa da piscina, não me precipitei em fazer qualquer movimento, agindo como se fosse uma escultura em tamanho real, deixando que os pensamentos me levassem para longe de Franz ou de qualquer coisa referenciada a sua partida. Virando o rosto meio de lado, notei quando a garota que estava por ali se levantou, e sutilmente andou até onde eu estava, em seus passos tímidos e uma postura simpática. — Não deixam entrar quando se tem treinos? — questiono, medindo o olhar entre a piscina e a garota, indicando o lugar ao meu lado com a ponta do queixo, para que ela se acomodasse. — Cheguei no começo da semana, mas não tinha vindo para cá. Resolvi algumas coisas, primeiro. — dei de ombros, virando a cabeça de lado para observar a menina. Seus cabelos pareciam ser da cor do fogo, com uma pele alva e olhos tranquilos. Era possível enxergar a tez coberta por tatuagens, até onde se permitia. — Aula chata? — apoiei a mão abaixo do queixo, enquanto o cotovelo se apoiava na coxa, e por um momento, mantive o olhar focado nela, tentando decifrá-la. Certamente, se ela fosse uma rebelde, não chegaria da forma em que tinha abordado uma conversa.

Respirei fundo, sentindo-me um pouco mais leve. O ambiente estaria vazio pelo motivo de todos estarem em aula, pelo que estava sabendo. Como só iniciaria na segunda, estava liberada para passear pelo campus sem receber alguma punição ou cartilha de suspensão por estar infringindo alguma regra, e se esse fosse o caso contrário dessa garota... Ela poderia ser pega a qualquer momento. Pensar nisso era, de certo, reconfortante, já que era difícil me encontrar por ai seguindo ordens de alguém, nem que se fosse da própria família. Era uma fácil percepção de que poderia começar a "mudar" e deixar a personalidade parisiense para quando estivesse na França. Já que tinha se mudado para uma lavagem de personalidade, nada melhor que tentar começar de agora, visto que a ruiva tinha trago a oportunidade de recomeço, sem nem se dar conta. — Malia. — findei, me apresentando, dando espaço para que ela se sentisse a vontade para responder.


a little more touch my body
avatar
Malia G. Füher Morello
lacrosse (u)

lacrosse (u)

Mensagens : 11
Data de inscrição : 30/08/2016

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [RP] Undo The Storm

Mensagem por Beatrice C. Iskander em Qua Set 07, 2016 2:42 pm

Undo The Storm

So wait for the new

N
ão demorou muito até que a garota me respondesse, fazendo o sorriso em meu rosto se expandir ainda mais sabendo agora que não a incomodava. Sentei de seu lado, no local apontado pela moça. Escutava atentamente as palavras proferidas por ela, inclinando um pouco minha cabeça para a direita com suas palavras.

— Dependendo do humor do treinador, nem tente entrar. — respondi arqueando uma sobrancelha. — Então você realmente é novata! Faz que curso?

Mexi na gola de minha camisa, prestando atenção em seus detalhes pela primeira vez desde que tinha começado a conversa. Definitivamente poderia ser chamada de encantadora, devia ser algum tipo de popular de onde vinha. Gravei a roupa que a moça utilizava em minha mente, considerando a possibilidade de desenhar algo parecido para a aula depois.

Uma aula entediante não era exatamente a melhor coisa para definir o que estava acontecendo por ali, entretanto não sabia como respondê-la. Jogar meus problemas em cima da menina estava fora de cogitação, não tinha a mínima possibilidade de dizer: “Ah, um de meus pais é um filho da puta descarado que só fala comigo quando precisa de algo”. Suspirei, tirando uma mecha de cabelo do rosto.

— Aula chata não é o mais adequado, amo o que estudo. Pressão mental é a palavra que melhor caracteriza a situação. — brinquei.

Os primeiros dias na faculdade de Burkittsville são sempre os melhores, ou piores para alguns. Bem, em minha opinião é muito mais divertido ficar perambulando pela faculdade sem ninguém gritando com você quando te encontra, em compensação, a adrenalina de matar aula trazia uma diversão maior. Esperava que a outra estivesse tendo boas primeiras experiências no local.

O nome da morena era um tanto… Peculiar. Gostava dele.
 
— Nome bonito o seu, sabia? Sou Beatrice. — Estendi minha mão em sua direção com uma expressão um tanto séria, que se tornou um sorriso com a língua entre os dentes quando tive a melhor ideia de toda minha vida. — Malia, estava pensando… O que acha de nadar um pouco?

Sorri de maneira atrevida em sua direção. Por mais que tentasse ser uma boa garota, sabia de minhas origens e manias de quebrar as regras.
avatar
Beatrice C. Iskander
rebels (u)

rebels (u)

Mensagens : 29
Data de inscrição : 31/08/2016
Idade : 21
Localização : Na casa de você sabe quem

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [RP] Undo The Storm

Mensagem por Malia G. Füher Morello em Qua Set 07, 2016 9:08 pm


Controlla
I'LL TAKE IT NICE AND SLOW, FEELING GOOD ON MY OWN WITHOUT YOU. YEAH. GOT ME SPEAKING IN TONGUES, THE BEAUTIFUL IT COMES WITHOUT YOU. I'M GONNA PUT MY BODY FIRST AND LOVE ME SO HARD 'TILL IT HURTS. I KNOW HOW TO SCREAM OUT THE WORDS.
De alguma forma, a presença da menina causava-me uma sensação de confortabilidade, por mais fora do padrão que ela fosse. Fora do padrão no sentindo social, onde era de extremo preconceito fitar uma garota tatuada, e não remetê-la a drogas, roubo ou coisas que pudessem englobar qualquer gênero marginal. Apesar de ter uma personalidade rabugenta embutida, nunca tinha sido o tipo de pessoa que julga alguém pela "capa." — Medicina. — deu de ombros, deixando de fora o fato de que esta era minha segunda paixão, depois de estar sobre uma passarela. Por um momento o silêncio perpetuou no assunto, onde a ruiva parecia pensar bem no que deveria dizer em seguida. — Entendo. Sinto um pouco disso, agora. — um fraco e discreto sorriso foi esboçado em meus lábios, sem a amostra da fileira de dentes ou qualquer parte interna da boca. — Não sei se pensar demais sobre ajuda, ou simplesmente faz com que as coisas fiquem ainda mais reais... Mas também não dá pra agir sem pensar quando a situação é ruim, certo? Lei do equilíbrio. — dando novamente de ombros, virei para olhá-la outra vez, encontrando o olhar da menina sobre mim. — Cursa o que? — questiono, tranquila.

Uma sobrancelha foi arqueada com o comentário sobre o meu nome, o que era um pouco incomum. Já tinha visto várias reações quando me apresentava, mas esta era a primeira vez que alguém era tão direto ao dizer que tinha gostado, combinando perfeitamente bem com a reação boa. — Muito prazer, Beatrice. Seu nome também é bonito, e me lembra alguém. — mais pontos para a tal Beatrice. Seu convite para nadar era... Desproporcional ao momento, mas quem se importa? O máximo que faria era tirar a roupa e se entregar à quebra de calor com a proposta. — Bom. Não sou a melhor nadadora, mas... — me levantei, deixando a bolsa sobre o lugar que tinha estado sentada anteriormente, tirando a blusa sem me importar em estar apenas de sutiã - azul escuro que mais parecia um biquíni, seleto especificamente com o intuito de ter uma leve aparição sob o tecido fino da blusa -, deixando agora por cima da bolsa.


a little more touch my body
avatar
Malia G. Füher Morello
lacrosse (u)

lacrosse (u)

Mensagens : 11
Data de inscrição : 30/08/2016

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [RP] Undo The Storm

Mensagem por Beatrice C. Iskander em Qui Set 08, 2016 4:38 pm

Undo The Storm

So wait for the new

H
aviam sido poucas as vezes que tinha tido uma conversa tão agradável com alguém desde que tinha entrado na faculdade e já havia até mesmo esquecido como era. O sorriso da garota, mesmo discreto, era divertido de se assistir. Ela não parecia ser do tipo que sorria com muita frequência, o que me angustiava um pouco, mas gostava de seu jeito.

Não dava para agir sem pensar quando a situação estava ruim? É, talvez sim. Balancei minha cabeça de forma afirmativa, tamborilando os dedos na arquibancada. Desviei meu olhar para o teto ao ouvir a pergunta sobre meu curso.

Moda. — O entusiasmo em minha fala era óbvio, sempre tive uma paixão imensa pela produção de vestimentas. — Posso fazer uma roupa pra você um dia, se quiser. — finalizei com um tom nem tão sério, nem tão de brincadeira.

Malia era simpática em minha opinião. De um jeito calmo e frio que muitos poderiam confundir com uma antipatia, entretanto as vezes aqueles que são “calorosos” demais acabavam tornando-se clichês e chatos. Não sei, simplesmente gostava do jeito da morena e pronto.

Sabia que a proposta de nadar era aleatório até demais pro momento, mas qual seria a graça se não fosse? Um sorriso expandiu-se em meu rosto no instante que a garota aceitou a proposta, retirando a blusa que utilizava.

Não é como se fosse ter algum tipo de competição, foi só uma proposta fora do contexto. — afirmei.

Desviei o olhar de Malia, abrindo rapidamente os botões da peça branca e ficando somente com o sutiã preto que utilizava no dia. Era estranho ter minhas outras tatuagens exibidas para alguém, como se ninguém além de mim pudesse ter o direito de vê-las.

Segurei no pulso da morena, um pouco hesitante, no entanto ainda assim o fiz. Desci as arquibancadas, puxando-a e cantarolando uma música de pop que desconhecia o nome. Parei na borda da piscina, soltando a garota e fitando-a.

Até poderia te empurrar lá dentro, mas tenho medo de você ter raiva de mim. — soltei em um tom brincalhão, havia sido tão automático que pouco tempo depois me fez ter vontade de enfiar a cara em um saco de pão.

Retirei os sapatos pouco antes de entrar na piscina, olhando para Malia e a chamando com um gesto, gargalhei logo em seguida por motivo nenhum. Aquele momento estava sendo algo diferente de uma maneira tão boa, esperava que ela estivesse gostando tanto quanto eu.
avatar
Beatrice C. Iskander
rebels (u)

rebels (u)

Mensagens : 29
Data de inscrição : 31/08/2016
Idade : 21
Localização : Na casa de você sabe quem

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [RP] Undo The Storm

Mensagem por Malia G. Füher Morello em Sab Set 10, 2016 8:06 am


Controlla
I'LL TAKE IT NICE AND SLOW, FEELING GOOD ON MY OWN WITHOUT YOU. YEAH. GOT ME SPEAKING IN TONGUES, THE BEAUTIFUL IT COMES WITHOUT YOU. I'M GONNA PUT MY BODY FIRST AND LOVE ME SO HARD 'TILL IT HURTS. I KNOW HOW TO SCREAM OUT THE WORDS.
Uma sobrancelha foi arqueada, enquanto direcionava um olhar desconfiado para Beatrice. Moda? Ok, isso tinha sido totalmente inesperado. — Você não deveria dizer isso para alguém que viveu nos costumes parisienses por tempo demais para lembrar que havia um mundo fora dele. — dei de ombros, instigando-me a prender o cabelo em um coque informal, mas que permitisse que as mexas ficassem firmes e não começassem a desprender de repente. — Ainda bem que diz isso, porque sou péssima nadando. Na verdade, eu nem sei fazer isso. Só entro e fico parada, as vezes mergulho, mas sempre tem que ter alguém por perto. — por um momento, observei as tatuagens que iam sendo reveladas conforme Beatrice também tirava a blusa. Uma pequena divagação havia tomado-me, de forma que me fizera pensar o porquê de não tirar o short também, já que não via diferença - se não a social - de um biquíni para uma lingerie. Ambas as peças eram reveladoras, mas a autopreservação era gritante, naquele momento. Alguém poderia entrar, e não que me envergonhasse ao ser pega, mas tinha uma dose gigantesca de respeito por mim mesma, o que me impedia de completar o gesto. Peguei o celular, abrindo um aplicativo de música, selecionando a primeira playlist da interface de forma aleatória.

Me senti sendo puxada até a beirada, e logo acertei-lhe um tapinha sem o mínimo de força no ombro direito. — Não ouse. Eu te levo junto comigo e não vou soltar, morro de medo de me afogar! — em outros tempos - tempos não tão distantes assim - eu teria feito o maior escândalo com aquela ameaça brincalhona, apesar de ter causado um pouco de medo, tinha reconhecido que ela parecia... Envergonhada? — Okay, vamos com calma. Venha logo atrás de mim, ok? — não esperei que ela respondesse, apenas me segurei na escada da piscina, vendo que a parte rasa não era tão rasa quanto as demais piscinas que já tinha visto, e fazia sentido, já que se tratava de um modelo olímpico, mas sem as raias separando. Soltei a mão dela apenas para descer, sentindo a água gelada entrar em contato com minha pele, fazendo-me soltar um gritinho em resposta, começando a dar pulos no lugar que estava. Mal esperei ela descer, ouvindo a melodia agradável de Starving soar, mas estava concentrada demais no gelo da água para me dar conta de mais detalhes. — Frio, frio, frio, frio! — gemi, choramingando enquanto exibia um sorriso pequeno, já me reaproximando da ruiva. — Você não vai sair de perto de mim de jeito nenhum! — praticamente me lanço em suas costas, passando os braços por seus ombros, me apoiando nela. Certo que era alta e a medida da água não era exagerada, mas para quem tinha medo de ficar sozinha dentro da água, eu ainda estava até que tranquila. O momento havia me distraído verdadeiramente, até me arrancando um sorriso, o que realmente era uma coisa rara. Mordi o lábio, cantarolando baixinho, sentindo-me leve pela primeira vez em sabe-se lá quantos anos.


a little more touch my body
avatar
Malia G. Füher Morello
lacrosse (u)

lacrosse (u)

Mensagens : 11
Data de inscrição : 30/08/2016

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [RP] Undo The Storm

Mensagem por Beatrice C. Iskander em Sab Set 10, 2016 4:50 pm

Undo The Storm

So wait for the new

F
oi difícil não gargalhar ao ver a reação de Malia. Era difícil acreditar sequer que eu fazia uma faculdade, imagine moda! Mas provavelmente ela deveria ser bem inteligente pra fazer medicina, ou simplesmente tinha muita paciência para estudar pro curso.

Vai ser em uma ocasião especial, não se preocupe. Ou talvez só pra um trabalho qualquer. — Coloquei as mãos nos bolsos, dando de ombros.

Pudor sempre foi uma questão intrigante, afinal, de onde surgia? Tive preguiça de tirar a calça, no entanto era realmente esse o motivo ou uma simples vergonha de mostrar o corpo? Soltei uma risada quase inaudível com o pensamento e balancei a cabeça negativamente.

Nota mental: Nunca empurrar Malia numa piscina se quiser continuar com vida. Acredito que quem a olhasse por fora jamais imaginaria os tipos que a moça tinha, na verdade, ninguém nunca imagina os medos de ninguém.

Entrei na piscina logo depois da morena que reclamava da baixa temperatura da água, o que não era mentira. A situação era um tanto cômica, considerando que a garota estava apoiada em mim.

Não vou sair de perto, prometo. — falei ao mesmo tempo que virava de frente para Malia. Um sorriso se estampou em meu rosto ao vê-la cantarolando, fazendo-me prestar atenção na canção pela primeira vez. Lembrava uma pessoa. — Alguém aqui tem um ótimo gosto musical, muito bem. Algum motivo em especial para escolher a música ou simplesmente clicou no aleatório?

Apertei a ponta de seu nariz, rindo levemente. Era uma curiosidade um tanto pessoal que me fez pensar algumas vezes antes de perguntar, afinal, aquela havia sido uma das poucas vezes que havia ficado solta sem usar drogas e não queria estragar isso.
avatar
Beatrice C. Iskander
rebels (u)

rebels (u)

Mensagens : 29
Data de inscrição : 31/08/2016
Idade : 21
Localização : Na casa de você sabe quem

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [RP] Undo The Storm

Mensagem por Malia G. Füher Morello em Sab Set 10, 2016 11:30 pm


Controlla
I'LL TAKE IT NICE AND SLOW, FEELING GOOD ON MY OWN WITHOUT YOU. YEAH. GOT ME SPEAKING IN TONGUES, THE BEAUTIFUL IT COMES WITHOUT YOU. I'M GONNA PUT MY BODY FIRST AND LOVE ME SO HARD 'TILL IT HURTS. I KNOW HOW TO SCREAM OUT THE WORDS.
Beatrice se moveu, e instantaneamente quis apertar os braços em volta dela, para que não completasse a ação, mas para o meu alívio ela apenas tinha virado. — Sendo feito, é o que importa. — comento, olhando de esguelha para ver se conseguiria encostar os pés na superfície de uma forma segura, testando ao me manter de pé, sozinha, mas ainda muito próxima a ruiva. Sua feição havia mudado para uma reflexiva, por um certo momento, e não ousei interromper sua linha de raciocínio para sabe-se lá o que ela estaria pensando. — Eu amo essa música, na verdade. De alguma forma que não consigo explicar, ela lembra a mim mesma. Por que? Te lembra alguém? — dou de ombros, movendo-me no ritmo, mas não de forma agitada.

Olho para os lados, tentando chegar até a borda, onde me encosto. Não estava tão longe da ruiva, e poderia recorrer a ela de uma maneira mais rápida, caso fosse preciso. — Estuda aqui a muito tempo? — questiono, unindo as mãos debaixo d'água, enquanto fitava agora o rosto alvo da estudante de moda. — Foi difícil entrar, não pelas notas, já que, modéstias a parte, tenho notas suficientes para ser a melhor da turma. Algo sobre movimentação de alguns alunos para fora e algumas divergências com o sistema europeu. Tive que adiantar praticamente dois períodos aqui, o que não é ruim, já que vou concluir mais cedo. — suspiro, lembrando do dia em que Malahkay insistira em me acompanhar para a matrícula, agindo como um pai tenebroso e entediante. — Curiosamente você me lembra uma amiga, por isso estou agindo desta forma. Normalmente sou mais fechada. — explico, caso ela estranhe meu comportamento de alguma maneira.



a little more touch my body
avatar
Malia G. Füher Morello
lacrosse (u)

lacrosse (u)

Mensagens : 11
Data de inscrição : 30/08/2016

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [RP] Undo The Storm

Mensagem por Beatrice C. Iskander em Dom Set 11, 2016 7:45 pm

Undo The Storm

So wait for the new

A
rqueei a sobrancelha com sua resposta, hesitei um pouco antes de lhe responder. Não gostava de falar nada sobre mim e sabia que a melhor escolha seria fugir da resposta, reviver coisas do início do ano com certeza seria bem doloroso.

Balancei a cabeça negativamente, voltando a encarar os olhos da garota.

Ninguém em especial. — menti. — Mas, já que disse, me lembra você agora.

Ri baixinho, tentando disfarçar a melancolia. Mergulhei pouco tempo depois que Malia se afastou, ficando em baixo d’ água até faltar ar em meus pulmões. Voltei até a superfície um tanto ofegante e fui até a borda também, deslizando os dedos no chão.

Já faz um ano, acho. — Deitei a cabeça no mármore, fechando os olhos. Me perguntava o porquê de seu suspiro. — Você tem cara de ser inteligente, não me surpreende saber que tem boas notas, mas por que escolheu esse lugar?

A estudante de medicina não precisava dar satisfação sobre seu comportamento, essa era a última coisa que precisava. Queria gritar com Malia por um instante. Gritar dizendo que não tem problema ser fechado, que ela não precisava ser simpática para agradar alguém.

Sua amiga deve ser uma pessoa incrível. — comentei abrindo os olhos lentamente. — Fico feliz por estar conseguindo se abrir, afinal, não é como se eu estivesse sendo a pessoa mais simpática do mundo contigo.
 


Última edição por Beatrice C. Iskander em Qui Set 15, 2016 10:27 pm, editado 2 vez(es)
avatar
Beatrice C. Iskander
rebels (u)

rebels (u)

Mensagens : 29
Data de inscrição : 31/08/2016
Idade : 21
Localização : Na casa de você sabe quem

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [RP] Undo The Storm

Mensagem por Malia G. Füher Morello em Qui Set 15, 2016 10:28 am


Controlla
I'LL TAKE IT NICE AND SLOW, FEELING GOOD ON MY OWN WITHOUT YOU. YEAH. GOT ME SPEAKING IN TONGUES, THE BEAUTIFUL IT COMES WITHOUT YOU. I'M GONNA PUT MY BODY FIRST AND LOVE ME SO HARD 'TILL IT HURTS. I KNOW HOW TO SCREAM OUT THE WORDS.
Conviver com pessoas de índoles complicadas e perfeccionistas haviam me dado alguns dons, como ser bastante perceptiva, e notar coisas que nem todos poderiam ser capazes de fazer, em direcionar o olhar apenas uma vez para algo ou alguém. Então, saber que Beatrice estava mentindo tinha sido algo de extrema facilidade. Eu não interferiria em uma busca por respostas, ao questioná-la o porque de estar mentindo, relevando o fato de que um motivo existia para isso. A música mudou, e agora já não estava tão atenta para a que estava tocando no momento, tendo depositado minha atenção inteiramente na ruiva. — É? Que ótimo, porque eu realmente gosto dessa música! — pisquei para ela, abrindo um meio sorrisinho enquanto me encolhia por conta da água. — Um ano é muito tempo. — suspiro, pensando por um momento em tudo o que tinha vivido naquele período de tempo. — Não sou necessariamente inteligente, só consigo pegar as coisas muito rápido. — dou de ombros, esticando os braços, movendo-os dentro da água. — Não tive muita escolha, o senhor delegado e meu irmão estava tendo alguns acessos e precisa de alguém para por uma coleira bem apertada naquele maldito pescoço. — outro suspiro escapa de meus lábios, enquanto volto o olhar para ela, abrindo um sorrisinho maior.

Neguei com a cabeça, soltando um som baixinho de risada. — Ah, ela é a melhor pessoa que eu já conheci na vida. E você não precisa ser a mais simpática para fazer alguma coisa com alguém, hum? — estreito os olhos em sua direção, prendendo o riso. — Saber chegar já é o suficiente para causar uma impressão amigável. Mas... — analiso seu rosto, inclinando o meu próprio um pouco de lado. — Você não parece ser daqui, de onde veio? — pergunto, tentando me mexer um pouco para espantar o frio.



a little more touch my body
avatar
Malia G. Füher Morello
lacrosse (u)

lacrosse (u)

Mensagens : 11
Data de inscrição : 30/08/2016

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [RP] Undo The Storm

Mensagem por Beatrice C. Iskander em Qui Set 15, 2016 10:27 pm

Undo The Storm

So wait for the new

E
stirei a língua  para Malia, em um ato infantil, alguns segundos depois que ela piscou para mim e gargalhei logo em seguida. Talvez aquela música realmente falasse alguma coisa dela, no entanto teria que descobrir por mim mesma com uma análise mais calma.

Virei em sua direção enquanto colocava a mão direita na nuca. Não pensava que um ano era muita coisa considerando que, quando se aproveita, um longo período de tempo parece se tornar um simples momento. As vezes você nem mesmo lembra dos outros que podem estar sentindo como um soco todos aqueles instantes.

Depende um pouco de como você vive o ano, mas não acho muito tempo. — Estralei meu pescoço, revirando os olhos com o comentário de Malia. — Você é inteligente sim! Todo mundo é, não acha?

Sorri de maneira meiga para ela, sorriso esse que se desmanchou quando assimilei o fato que a garota tinha alguma coisa relacionada ao delegado da cidade. Ok, talvez eu ficasse bem encrencada se levasse isso pra frente, mas quem se importa? Dei de ombros, não percebendo o quanto aquilo parecia estranho olhando por fora.

Podemos dizer que a maioria das pessoas que vive aqui não tinha muita escolha. — afirmei em um tom divertido.

Franzi o cenho com as palavras pronunciadas pela morena, segurando o riso igualmente após isso. A vontade que tinha era de revirar os olhos, mesmo sabendo que aquilo seria um tanto clichê para a situação.

Notei o frio que a moça sentia e lhe dei um abraço, obviamente me afastando pouco depois temendo que ela repelisse o contato. Não me incomodava muito com a temperatura da água, já havia passado por coisas piores. Talvez só tivesse feito aquilo para enrolar a hora de responder, era estranho falar sobre mim.

Uau, me sinto lisonjeada sabendo que você acha isso. — Coloquei a mão em meu peito, virando o olhar para o lado e falando com um sotaque esquisito. Mexi a cabeça em um sinal negativo, parando com a palhaçada por alguns momentos, porém sem desmanchar o sorriso. — Sou canadense, o que é estranho de se dizer considerando que eles possuem um estereótipo de certinhos. E a senhorita, de onde vem?
 
avatar
Beatrice C. Iskander
rebels (u)

rebels (u)

Mensagens : 29
Data de inscrição : 31/08/2016
Idade : 21
Localização : Na casa de você sabe quem

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [RP] Undo The Storm

Mensagem por Malia G. Füher Morello em Sex Set 16, 2016 12:49 am


Controlla
I'LL TAKE IT NICE AND SLOW, FEELING GOOD ON MY OWN WITHOUT YOU. YEAH. GOT ME SPEAKING IN TONGUES, THE BEAUTIFUL IT COMES WITHOUT YOU. I'M GONNA PUT MY BODY FIRST AND LOVE ME SO HARD 'TILL IT HURTS. I KNOW HOW TO SCREAM OUT THE WORDS.
Ao começar a sentir um pouco mais de frio, tive certos segundos para agradecer mentalmente a Beatrice por ter me abraçado, fazendo uma leve careta quando a ruiva se afastou. — Eu não mordo, sabia? Só quando pedem ou merecem. — em uma atitude que nunca havia me passado fazer um dia, faço garras com as mãos, mostrando os dentes para ela, como um tipo de rosnado. Tinha acabado por rir ao final, voltando a me encostar na beirada. — Tem diferença entre ser inteligente, e usar a inteligência. Então, nem todos podem ter o luxo de portar tal título. — tento explicar de uma forma coerente, mas acabo deixando pra lá, dando de ombros. — Contando que você viveu 365 dias, está viva ao passar de todo este tempo e não reparou que tudo isso passou, sim... É muito tempo. Você só não notou, mas quer dizer que pode ter sido um bom ano. — em um palpite, tento me mover, dando alguns passinhos para frente. Logo estava de volta, dançando dentro da água ao som de Cold water aproximando-se com um sorriso maldoso, dançando perto da ruiva, chegando a puxar seus braços - ainda com medo de estar tão solta dentro da piscina - instigando-lhe a dançar também, deixando-a livre para se mover depois.

Dando risada com o sotaque expressado por ela, negando com a cabeça. — Canadense? Eu tenho curiosidades sobre o Canadá, existem muitos lugares bonitos por lá. — voltando a dançar, fui soltando o cabelo lentamente, seguindo o ritmo gostoso da música. — Sou francesa. — carrego a voz com um sotaque naturalístico de um parisiense nato. — Seguir esteriótipos é uma coisa tão... Chata e monótona. Por que seguir um padrão? A graça de tudo é ter o diferencial. — voltei a mergulhar, subindo com um pulinho, a cabeça levantada para que os cabelos não viessem para o rosto. Afastei os resquícios de água com a mão, piscando os olhos várias vezes, indo até a escada para poder sair da piscina. — Essa água tá muito gelada ou eu sou muito frienta? — com os lábios tremendo, sento na beirada, colocando os pés dentro d'água, balançando-os perto de Beatrice.



a little more touch my body
avatar
Malia G. Füher Morello
lacrosse (u)

lacrosse (u)

Mensagens : 11
Data de inscrição : 30/08/2016

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [RP] Undo The Storm

Mensagem por Beatrice C. Iskander em Sex Set 16, 2016 8:34 pm

Undo The Storm

So wait for the new

V
oltei a colocar a mão no peito, fingindo indignação e comecei a rir. Provavelmente uma das melhores cenas que já havia visto na vida fora Malia rosnando, fingindo que seus dedos (Ou seriam unhas, no caso?) eram garras. Pisquei os olhos várias vezes em uma falsa inocência e disse:

Mas quando alguém iria pedir pra você morder? Que estranho… — O olhar inocente tornou-se uma sobrancelha arqueada e um sorriso malicioso em poucos momentos.

Revirei os olhos com as explicações da morena, não por serem entediantes e sim por estar gostando de ouvir. Era um tanto cômico o quanto ela falava com todo o cuidado do mundo para não acabar dizendo algo contraditório ou sem sentido. Permaneci quieta, não tinha alguma coisa produtiva para lhe responder.

Para alguém que no começo estava com um certo medo de ficar na piscina, Malia parecia tão alegre, tão feliz e totalmente confortável. Me juntei a ela em sua dança, um sorriso discreto brincava em meus lábios.

Mergulhei rapidamente antes de lhe responder, balançando levemente a cabeça. Francesa? Podemos dizer que não era algo que esperava, mas definitivamente o país era lindo e a língua mais ainda. Louis era apaixonado pela França inteira e fazia questão de me carregar sempre em suas viagens.

O Canadá é um lugar incrível, mas os canadenses não tem esse estereótipo por opção. As leis do país são rígidas demais, isso é ótimo para alguns, mas não pra mim. — Dei de ombros, querendo ou não, era a verdade. Regras são sempre ótimas para manter a ordem, mas alguns nasceram para a baderna. — Em que cidade você morava?

Segurei a risada, Malia estava realmente com frio. Subi na borda, sentando do lado da garota e lhe abracei pelo ombro, dessa vez com um tanto mais de segurança por saber que não seria afastada. Soltei um riso discreto, olhando para a água da piscina e movendo os pés de maneira circular.

Você que é frienta. — afirmei, meu olhar agora em seu rosto. — Mas nada que um abraço não resolva, certo?
 
avatar
Beatrice C. Iskander
rebels (u)

rebels (u)

Mensagens : 29
Data de inscrição : 31/08/2016
Idade : 21
Localização : Na casa de você sabe quem

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [RP] Undo The Storm

Mensagem por Malia G. Füher Morello em Sab Set 17, 2016 10:36 am


Controlla
I'LL TAKE IT NICE AND SLOW, FEELING GOOD ON MY OWN WITHOUT YOU. YEAH. GOT ME SPEAKING IN TONGUES, THE BEAUTIFUL IT COMES WITHOUT YOU. I'M GONNA PUT MY BODY FIRST AND LOVE ME SO HARD 'TILL IT HURTS. I KNOW HOW TO SCREAM OUT THE WORDS.
Uma pequena risada escapou por meus lábios ao ver a expressão da ruiva enquanto tentava soar como inocente. — Não se faça de inocente. Você tem cara de quem deixa umas boas mordidas! — gargalhei, ainda movendo as pernas dentro da água, quase de uma forma infantil. Dispus-me a ouvir sobre a breve explicação da rigidez dos canadenses, assentindo para algumas coisas, afinal, na França as coisas também não eram lá tão fáceis. — Por isso não me envolvo com política. Burocracias não são para mim, sério. — faço uma careta leve, encostando a cabeça no ombro dela assim que senti seu abraço. — Em Paris. Passava a maior parte do tempo lá, trabalhando, então resolvi me mudar de vez. — suspiro, lembrando da época em que a mudança havia sido feita, com o fato de que não estava acompanhada de nenhum parente e tive de começar a me virar sozinha. — A água está fria sim, nem vem! — reclamei. Um suspiro leve escapou, o que me fez perceber que estava completamente tranquila, depois de anos adotando uma postura repugnante e completamente desnecessária, em alguns momentos. — Vamos lá, me conte alguma coisa bizarra que já fez aqui, doutora da moda? Aliás... Se você quiser um estágio, eu posso te arrumar, tenho contrato com uma agência e as vezes eles precisam de alguém cursando moda e até indicam para algumas marcas. Quem sabe eu não desfile por ai com alguma coisa sua? — murmuro, traçando uma linha imaginária na coxa dela.

Mantive os olhos na água calma, pensativa. — Este lugar tem uma aura diferente. Apesar das coisas que acontecem, as pessoas parecem não temer nada. Ou talvez... Novamente o problema seja comigo. Tenho medo até da minha própria sombra. — Torço o nariz, mantendo-me quieta por alguns segundos.


a little more touch my body
avatar
Malia G. Füher Morello
lacrosse (u)

lacrosse (u)

Mensagens : 11
Data de inscrição : 30/08/2016

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [RP] Undo The Storm

Mensagem por Beatrice C. Iskander em Sab Set 17, 2016 9:19 pm

Undo The Storm

So wait for the new

V
irei o rosto, fingindo que ia sair de perto e colocando uma mão a poucos centímetros da face da morena.

Não acredito que você é capaz de duvidar de minha inocência. — solucei falsamente, rindo após isso.

Sorri minimamente ao ouvi-la falar sobre burocracia, assentindo de maneira calma. Encostei a bochecha em sua cabeça, respirando fundo e mexendo os dedos dos pés. Não tive tanta surpresa ao ter conhecimento que a estudante de medicina era parisiense, entretanto ainda assim sabia que havia certo brilho em meu olhar.

Parisiense, hein? Deve ter sido uma mudança bem radical. — disse imaginando as dificuldades da garota para fazê-lo.

Comecei a cantarolar, balançando a cabeça levemente. Resolvi não falar nada sobre a água, minha risada já era uma resposta boa o suficiente para aquilo. Naquela altura do campeonato, se eu visse Malia sendo mais fechada e reservada acredito que seria um tanto estranho, ou talvez não já que havíamos acabado de nos conhecer.

Fiz um olhar interrogativo em sua direção, a pergunta feita pela morena era um tanto abrangente. Poderia envolver diversas coisas que talvez nem fosse capaz de imaginar.

Tentar não demonstrar entusiasmo com o que a garota havia dito logo em seguida foi um pouco difícil, já que praticamente dei um pulo de onde estava. Me acalmei rapidamente, expandindo meu sorriso e apertando por poucos milésimos o abraço. 

O que você quer dizer com alguma coisa bizarra? Tipo a vez que atirei um lixeiro na vitrine de uma loja no shopping? Antes que fale alguma coisa, eu tive problemas bem sérios com o dono, ele era um velho realmente nojento. — contei-a, lembrando do dia com um olhar de nojo. — Seria maravilhoso, sério. Porra, sei que a gente acabou de se conhecer, mas você é incrível, sabia?

Afaguei a cabeça de Malia, apertando o nariz que essa havia acabado de franzir. Passei os dedos por meu queixo poucos momentos depois, pensando em algo para dizer. As pessoas de Burkittsville eram realmente um verdadeiro mistério.

A gente tem medo sim, mas aprende a conviver. O problema é que sabemos do risco de morrer todo segundo e essa morte pode não ser da forma esperada, por isso tentamos aproveitar o máximo. — respondi com um suspiro. — Acredito que nosso maior medo é não aproveitar o suficiente, pois sabemos que nosso último suspiro pode ser em nossa juventude.
 
avatar
Beatrice C. Iskander
rebels (u)

rebels (u)

Mensagens : 29
Data de inscrição : 31/08/2016
Idade : 21
Localização : Na casa de você sabe quem

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [RP] Undo The Storm

Mensagem por Malia G. Füher Morello em Seg Set 19, 2016 6:59 pm


Controlla
I'LL TAKE IT NICE AND SLOW, FEELING GOOD ON MY OWN WITHOUT YOU. YEAH. GOT ME SPEAKING IN TONGUES, THE BEAUTIFUL IT COMES WITHOUT YOU. I'M GONNA PUT MY BODY FIRST AND LOVE ME SO HARD 'TILL IT HURTS. I KNOW HOW TO SCREAM OUT THE WORDS.
Estava tão concentrada em não gargalhar, que era difícil notar as expressões da ruiva. — O mais difícil foi me adaptar ao sotaque, então não estranhe se de repente eu começar a falar francês e achar que você esteja entendendo perfeitamente. — ainda balançando as pernas de um modo quase infantil, suspiro, afastando as lembranças de Franz - que haviam voltado - ao mencionar a cidade natal. Arregalei os olhos, novamente me distraindo com a informação que havia sido dada. — Meu Deus, uma lata na vitrine? Você é louca! — ri, não questionando ou julgando-a por ter feito tal coisa. Sabia o quanto homens poderiam ser repudiantes, não importando o grau de conhecimento ou a quantidade de números que denunciavam sua idade. Ao prestar atenção em sua explicação perante a cidade, franzi as sobrancelhas, unindo-as de forma confusa. — Algumas pessoas simplesmente existem, não aproveitam o que podem usufruir de forma natural, física ou seja lá como e isso meio que me irrita. Essa cidade é aterrorizante, mas outros lugares no mundo são do mesmo jeito. Os outros preferem perder tempo vivendo, do quê somente existindo, e não entendo porquê aqui é tão diferente, mas tenho a sensação de que ainda vou descobrir. — puxo as pernas de dentro da água, ainda sentindo frio, cruzando-as em forma indiana.

Olhei para trás, observando o ligeiro passar do tempo, já que o sol havia baixado. — Eu preciso voltar para o meu quarto. Ainda tenho que conhecer o resto da faculdade. — comento, soltando um murmúrio desanimado por ter de ir e me afastar da única coisa/pessoa que havia me dado alguma satisfação desde a chegada à Burkittsville. — Eu não vou me despedir de você, porque na minha cultura, ao fazer isso, é como se eu não quisesse te ver novamente. E isso não é a verdade aqui. — pisco para ela, sem me importar em estar completamente molhada. Visto a blusa fina, sentindo-a colar em algumas partes das costas, mas como era um tamanho maior que o meu, não untaria tanto às minhas curvas. — Então vou apenas sair andando e espero te encontrar por ai em breve, Beatrice. — lhe dirigi um sorriso amistoso, mandando um beijinho no ar, enquanto pegava meus pertences e me encaminhava para fora do local, portando um sorriso largo.


a little more touch my body
avatar
Malia G. Füher Morello
lacrosse (u)

lacrosse (u)

Mensagens : 11
Data de inscrição : 30/08/2016

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [RP] Undo The Storm

Mensagem por Beatrice C. Iskander em Ter Set 20, 2016 5:25 pm

Undo The Storm

So wait for the new

S
ua distração momentânea era notável, provavelmente pensava em algo que não queria já que balançava a cabeça em uma possível forma de afastar o devaneio. Soltei uma risada, apoiando o queixo em minha mão.

Tudo bem, não é como se não fosse entender nada. — Lancei-lhe uma piscadela, o sorriso ficando cada vez mais discreto.

Dei de ombros com a surpresa de Malia, atirar uma lata de lixo numa vitrine era o mínimo que fazia, principalmente naquela loja. O dono do lugar havia… Como posso dizer? Prefiro não comentar, entretanto só ter quebrado seu carro e acabado com seu estabelecimento era um verdadeiro ato de piedade da minha parte para um escroto como aqueles.

Apreciava a atitude da garota de não ter questionado nada sobre aquilo, privando-me de detalhes que não queria dizer.

Além de ter deixado um presente no carro dele. — completei rapidamente, deixando um risinho travesso no ar juntamente com um certo mistério.

Nem mesmo eu havia entendido minha explicação sobre aquela cidade, por isso não fiz muita questão de explicar novamente e somente prestei atenção no que a francesa dizia. Passei a mão por minha nuca, apertando levemente o local e assentindo com a cabeça. Naquele momento o silêncio seria minha resposta.

A ouvi dizendo de sua necessidade de ir, o que em breve eu teria que fazer também. O sol baixo indicava as horas que haviam passado rapidamente, indicando que em pouco tempo o treino do time de natação teria seu início.

Espreguicei-me em poucos instantes e abri um sorriso divertido para a morena, essa que já havia vestido-se novamente. Levantei igualmente, arqueando uma sobrancelha ao ouvir o motivo de sua ausência de despedida.

Tudo bem, logo o treino de natação vai começar mesmo. — suspirei tirando o excesso de água dos cabelos. — Cuidado com os retardados daqui e não pegue um resfriado!

Gargalhei uma última vez antes que ela saísse e pisquei em sua direção. Vesti a camisa novamente e poucos minutos depois os membros do clube de natação começaram a chegar pouco a pouco. O treinador não era um grande fã, o que me fez ser expulsa dali em pouco tempo.

RP ENCERRADÍSSIMA, MEUA MO
 
avatar
Beatrice C. Iskander
rebels (u)

rebels (u)

Mensagens : 29
Data de inscrição : 31/08/2016
Idade : 21
Localização : Na casa de você sabe quem

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [RP] Undo The Storm

Mensagem por Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum