[RP OFICIAL] Os Sete Pecados

Página 2 de 3 Anterior  1, 2, 3  Seguinte

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

[RP OFICIAL] Os Sete Pecados

Mensagem por The Boulder Killer em Ter Jul 26, 2016 10:08 pm

Relembrando a primeira mensagem :

Os Sete Pecados
all you sinners, stand up and sing hallellujah!

Uma mensagem foi enviada a todos os alunos da faculdade, receberam em seus dispositivos eletrônicos. A música eletrônica era alta no recinto, as bebidas ficavam expostas no bar como um arco íris de cores vivas e diferentes, enquanto os barris de cerveja estavam espalhados por todo o campus externo da faculdade. Meninas e meninos do grupo de organização tinham armas de plástico de água, carregadas com tequila e eles andavam de um lado para o outro do local, enquanto outros tomavam conta dos três bares disponíveis ali. Os adolescentes da Eta Beta Lambda se divertiam, e não viam a hora do local encher.

Pelo tamanho do campus, o local foi dividido em sete ambientes diferentes. O primeiro tinha a temática da avareza, com o chão coberto de dólares falsos e máquinas que jogavam as cédulas de hora em hora. O segundo era o tema da luxúria, e o local tinha uma mesa com alguns chicotes em cima dele, no meio de diamantes falsos. O terceiro era a inveja, e nele consistia várias luzes verdes girando de um lado para o outro, representando o "monstro verde da inveja". O quarto ambiente deu lugar à gula, e era onde tinha uma mesa enorme, com um grande banquete, desde entradinhas até sobremesas, e junto à mesa uma fonte de chocolate. O quinto lembrava a ira, e ali tinha vários sacos de pancada deitados no chão, servindo de banco para as pessoas. O sexto se concentrava na soberba, e era um local com vários espelhos pendurados na grade da faculdade. O sétimo e não menos importante, remetia a preguiça, e era um local que estavam espalhados vários puffs para serem usados.

ATENÇÃO 1: Cada espaço tem sua peculiaridade, mas qualquer pessoa pode transitar entre eles, independente do que foi fantasiada.

ATENÇÃO 2: No meio dos espaços tem uma pista de dança. Divirtam-se!

E lembrem-se, estamos sempre observando.

OBSERVAÇÕES:

PRIMEIRO: É proibida a morte entre players nessa festa.
SEGUNDO: Os players que foram desafiados pelos assassinos estão proibidos de postar nessa festa, até que encerrem as RP's.
TERCEIRO: Não fiquem sozinhos.
avatar
The Boulder Killer
assassino


Mensagens : 20
Data de inscrição : 19/06/2016

Voltar ao Topo Ir em baixo


Re: [RP OFICIAL] Os Sete Pecados

Mensagem por Ursulla Nightwalker em Qui Ago 04, 2016 8:35 pm

Ursulla
Diva and Bloody Mary
Ela era um pouco... estranha. Não tão fácil quanto parecia e um pouco alheia aos acontecimentos ao redor. Apesar de descrever um ambiente comum entre adolescentes, não era o que parecia no momento. Sim, grupos aqui e ali fofocavam e riam, mas eram poucos. A maioria estava dispersa, talvez por se tratar do começo da festa.

— É, tem razão — brinquei com uma das mechas coloridas de meu cabelo. — Mas acho que ainda não chegaram todos, a festa está só começando. Quando a música realmente agitar a pista, talvez eu possa me divertir. Gostaria de me acompanhar?

Encarei a tal Charlotte mais uma vez. Estava quase desistindo daquela investida, mas não podia perder a oportunidade, pois com ela, iria minha paciência. Ninguém quer me ver sem paciência.


ϟ
Love

avatar
Ursulla Nightwalker
outros

outros

Mensagens : 34
Data de inscrição : 22/07/2016

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [RP OFICIAL] Os Sete Pecados

Mensagem por Charles V. Blake em Qui Ago 04, 2016 8:48 pm

we can party

you should be stronger

C
harlotte abriu um sorriso e semicerrou os olhos, levantando-se da cadeira em que estava. Por um instante quase foi de encontro ao chão, sabia que estava bêbada e ficava impressionada como alguém conseguia aguentá-la daquela maneira por tanto tempo sem xingar a garota de milhares de coisas.

A mulher em sua frente tinha um ar de mistério, obviamente Fournier ficava bastante intrigada com aquilo. A moça amarrou o nó da corda em sua cintura com mais força e estendeu a mão para Ursulla.

– Claro, vai ser... Interessante. – seus olhos cobertos pelas lentes vermelhas continham um brilho peculiar. Sua voz estava rouca e mais arrastada que o normal. – Desculpe por qualquer coisa, não sei como você está me aguentando bêbada sem dar uma tapa na minha cara ou gritar comigo.

Era possível notar por seu olhar o quanto a atriz estava desconfortável com aquilo, mas era ruim demais com as palavras para recusar a mais velha.


Última edição por Charlotte K. Fournier em Sex Ago 05, 2016 2:53 am, editado 2 vez(es) (Razão : Eu vi um errinho que me deixou desconfortável, perdão -qq)
avatar
Charles V. Blake
teatro (u)

teatro (u)

Mensagens : 25
Data de inscrição : 31/07/2016
Idade : 19
Localização : no seu quarto

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [RP OFICIAL] Os Sete Pecados

Mensagem por Joshua Richards em Sex Ago 05, 2016 2:48 am




Luxury Party
Let's going down
Não tive nem tempo se quer do ouvir o que a Pandora iria resolver, vi uma garota em um dos bares, com uma secretária, e pela cara da garota, pedia socorro por dentro. Resolvi que iria ajudá-la.


— Pandora, já volto. — Me retirei do local, e fui em direção ao bar!

Cheguei no lugar e encarei a secretária.

— Com licença! — Me virei para a garota, piscando um dos olhos. — Meu Deus! Pensei que você não viria. Vem comigo, o povo está te esperando. — Puxei a garota pelo braço e encarei novamente a secretária. — Obrigado pela licença.

Ri de mim mesmo fazendo aquilo. Nem sei quem era a garota, mas estava afim de me divertir naquela festa, e ela de fato parecia que iria trazer diversão para mim

— Vamos para aquele bar. — Apontei. — Aliás, me chamo Josh.



this ain't a party get off the dance floor



thanks fallen angel for this code
avatar
Joshua Richards
canto (u)

canto (u)

Mensagens : 17
Data de inscrição : 31/07/2016
Idade : 19
Localização : Dando Close

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [RP OFICIAL] Os Sete Pecados

Mensagem por Charlotte Marie El-Hashem em Sex Ago 05, 2016 2:59 am

Os sete pecados

Como era de costume, estava atrasada para a festa que aconteceria na faculdade, esperava que naquela festa não acontecesse nada que retirasse a vida dos outros alunos. Ainda não havia suportado a perda de Brandon, uma perda que ainda queimava em meu coração e a partir daí me dediquei mais as minhas fotografias, pois a foto era o meu ponto principal, elas me traziam tranquilidade e quando eu estava com a minha câmera, nada mais se importava para mim a não ser tirar lindas fotos.

Como de costume, fui convidada para ir a festa, dessa vez por um SMS. Aquilo parecia ser estranho, porém não fazia nada demais eu sair e me divertir um pouco, e, se divertir era uma das coisas que eu mais precisava fazer na vida. Logo a noite foi chegando e com ela o barulho da música eletrônica já dava pra ser escutado até nos dormitórios. Fiquei imóvel por alguns minutos em frente ao espelho e ali procurei me analisar e saber se eu estava “formidável” para uma nova festa.  

Caminhava pela grama já pensando sobre a festa. Talvez poderia rever o pessoal, fazia tempo que eu não os via, desde o acidente no lago, tudo estava de ponta a cabeça, tudo parecia mais assustador. Eu chorava todos os dias e pensava se seria eu a próxima a aparecer no Obituário de Burks. Tremi. Havia mandado mensagens para Finn e para Curtis, porém eles não me respondiam fazia tempo, apenas alertei a eles que eu estaria lá e queria que eles fossem. Curtis é lógico que estaria lá com o time todo e Finn eu tinha ainda minhas dúvidas, porém sei que aceitaria numa boa um convite meu.

No começo da festa já conseguia ver muitos alunos aos amassos entre as árvores, retirei minha câmera das minhas vestes e posicionei a lente da mesma nos meninos, focando exclusivamente no beijo e com apenas um clique, um jorrão de flash apareceu. Uma foto perfeita pra talvez uma matéria perfeita em uma noite que poderia ser perfeita. Logo na entrada da festa, um dos organizadores do evento aproximou-se de mim e já veio colocando a pistola de tequila na minha boca.

— Roger, calma que eu ainda nem cheguei! Seu rídiculo....

Disse sorrindo batendo no menino sem nenhuma força, o menino apenas sorriu e abriu passagem para que eu pudesse adentrar.  O ambiente em sí era totalmente lindo, pude observar que havia outros ambientes também. Fui atraída pelo bar onde peguei um copo com vodka e fui verificar os outros ambientes, todos dignos realmente de serem dos sete pecados e eu estava esperando realmente me perder em todos. Olhava para o resto do pessoal e via se conseguia achar Callíope ou qualquer outra pessoa conhecida minha, tirando Roger que estava apenas querendo embebedar todos ali presentes.

Um dos bares me chamou muita a atenção pelo simples fato de ter um grupo de garotas presentes nele. Eu queria me enturmar e precisava conhecer novas amigas. Arrumei meus cabelos e fui em direção as meninas, sentei no banco do bar e pedi um shot de tequila para o lindo garçom que olhava para mim com a bela expressão sarcástica no rosto. Sorri para o mesmo quando ele me entregou os shot de tequila, bebi os dois em menos de um minuto. Foi notável ver minha cara de quem sentiu toda aquela queimação descer pela garganta. O Barman por fim riu e me ofereceu mais um copo de Vodka. Dali observei uma das meninas no bar e a vi que ela não me parecia estranha. A menina também me observava, e não era pouco, até que sorriu e, por fim, me chamou para dançar.

— Sabia que te conhecia, estava querendo realmente saber quem era você e logo lembrei do seu nome. Me admiro você vir para cá também, lhe desejo boas vindas e que você não seja morta por nenhum assassino. Até porque aqui, se der mole um deles pode até estar te observando agora.

Segurei o braço da garota e a fiz virar e ali continuei conversando com ela, era uma das meninas que haviam estudado comigo no ensino médio, antes mesmo de estarmos em Burks, éramos amigas inseparáveis e não a esperava encontrá-la ali, pelo menos não do visual que ela estava agora. A batida da música ecoava em meus ouvidos e eu começava a sentir que as vodkas e a tequila já estava me fazendo muito efeito. Já estava um pouco mais animada que o normal. Voltei pro bar e me sentei, observava a menina que logo começou a beijar um menino do time de Lacrosse e ao terminar. olhou em minha direção sorrindo.

— Manda ver garota!! Vai lá e arrasa com esse gato!!

Levantava meu copo pro alto e brindava com ela mesmo de longe Virei novamente para o enorme balcão e pedi mais dois shots de tequila para ver se eu realmente me animava.


avatar
Charlotte Marie El-Hashem
jornalismo (u)

jornalismo (u)

Mensagens : 6
Data de inscrição : 28/06/2016

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [RP OFICIAL] Os Sete Pecados

Mensagem por Charles V. Blake em Sex Ago 05, 2016 3:06 am

we can party

you should be stronger

P
or sorte, a britânica viu um rapaz loiro vestido de coelho aproximando-se. Não fazia a mínima ideia de quem era, mas ele a fez um favor que nunca poderia ser recompensado pela moça. Assim que o garoto piscou para ela, rapidamente a atriz entendeu e decidiu colocar todos seus anos de aulas em prática.

– Meu deus do céu, garoto! Por que não respondeu minhas mensagens? Fiquei te procurando por todo lugar! – exclamou enquanto o loiro a levava pelo braço. – Vamos, temos muito o que closar ainda.

Riu juntamente do desconhecido enquanto retiravam-se daquele lugar. Nem mesmo se conheciam ou qualquer coisa do tipo, porém ele se apresentou como Josh enquanto os dois iam para o outro bar.

– Sou Charlotte. – apresentou-se enquanto sentava em um dos bancos.

Por algum motivo, a moça tinha um pressentimento que aquela festa seria inesquecível. 

avatar
Charles V. Blake
teatro (u)

teatro (u)

Mensagens : 25
Data de inscrição : 31/07/2016
Idade : 19
Localização : no seu quarto

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [RP OFICIAL] Os Sete Pecados

Mensagem por Joshua Richards em Sex Ago 05, 2016 3:35 am




Luxury Party
Let's going down
Sentamos no banco do balcão do bar. Aquela menina não me era estranha, assim como Pandora. Mas claramente a conhecia dos corredores ou algo do tipo.


— Irei te chamar de Char, tudo bem? — Sorri meigamente para ela, logo em seguida dei uma mordida em eu piercing e encarando. — Você parecia querer fugir de lá... Foi mal atrapalhar a conversa.

Comecei a olhar em volta para observar as pessoas. Até que avistei uma das meninas do jornalismo sozinha bebendo. Encarei ela, em seguida me virei para Charlotte e sorri.

— Interessante aquela garota não? — A encarei. — Se você for lá e a beijar, eu pago uma semana de bebidas para você! — A desafiei. — Afinal, eu só saio de casa pra causar. — Pisquei para ela.





this ain't a party get off the dance floor



thanks fallen angel for this code
avatar
Joshua Richards
canto (u)

canto (u)

Mensagens : 17
Data de inscrição : 31/07/2016
Idade : 19
Localização : Dando Close

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [RP OFICIAL] Os Sete Pecados

Mensagem por Pandora K. Henkölovsky em Sex Ago 05, 2016 4:13 pm

tagged: ryan kennish
i'm a f*cking queen
Huey se aproximou e depois percebi que Josh tinha ido já com alguma garota, uma garota bonita pelo que vi, não liguei muito e voltei a encarar Huey. Ele usava um terno chique, se não me engano ele deve ter escolhido o mesmo pecado do que eu que seria orgulho, ou talvez seja ganancia, não dava para ter certeza, mas não sabendo o pecado Huey estava realmente elegante e bonito.

Sorri com seu comentário e por ter me chamado de majestade. —Muito obrigada. —agradeci ajeitando a coroa. — O senhor esta muito elegante também. —complementei o olhando. — Era o Josh. — respondi Huey sobre o loiro de minha aula de música. — Eu nem te vi na festa, onde você tava —perguntei.
avatar
Pandora K. Henkölovsky
loners (u)

loners (u)

Mensagens : 60
Data de inscrição : 28/06/2016

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [RP OFICIAL] Os Sete Pecados

Mensagem por Andrew Lightwood em Sab Ago 06, 2016 11:15 am

Bloody Party

Finalmente, ela estava dormindo. Revirei os olhos e olhei mais uma vez para a cama de Felicity. A pestinha estava elétrica desde o nascer do sol e só quando todos já estavam dormindo resolvera colocar as pilhas para carregar. Não a culpava, crianças naquela idade tinham mesmo que gastar energia. Na verdade, pouco me importava com o fato de minha irmã mais nova existir.

Mas eu não podia ser assim. Não com minha mãe namorando o problemático do Trevor que só sabia se meter em confusões de gangues e introduzia minha progenitora ao mundo das drogas. Cansei de ter que ajudar a mais velha a se levantar da calçada e arrastar seu corpo até a porta do apartamento nos subúrbios de Burkittsville. Tudo para mim era um saco. A faculdade, os colegas.

Eu queria odiar a todos, mas não conseguia. A chama da rebeldia ardia em minha alma, mas os poucos sentimentos que eu ainda tinha não foram completamente desperdiçados. Parte deles me impulsionava para ir à festa da faculdade, cujo convite fora enviado para meu celular momentos depois de Felicity cair no sono.

Ah, claro. Esqueci de mencionar que eu dividia o quarto com ela. Jamais a deixaria perto daquele ninho de pó e cigarro que era o quarto de minha mãe e seu amante. O mais silenciosamente que consegui, abri meu armário e tirei algumas peças de roupa. Não havia muitas opções para a temática dos sete pecados. Com uma calça vermelha surrada, um colete negro com os buracos para as mangas desfiados, dando a aparência de "arrancados", um par de luvas de motoqueiro e algumas pulseiras com espinhos eram suficientes para o figurino da noite.

Levei as peças de roupa para o apertado banheiro do quarto e me troquei. Cobri minha irmã e peguei as chaves de casa, pouco me importando se acordaria um dos dois "adultos" que moravam comigo. O ônibus não demorou muito. A cidade estava silenciosa. Arregalei os olhos ao ver que o pátio estava completamente decorado com os sete temas. O que presumi serem os seguranças andavam de um lado para o outro com pistolas de plástico. Pelo cheiro que dominava o ar, o conteúdo das armas era bem alcoólico.

Alguns grupos espalhados pelo local, risadas, brincadeiras e sete espaços diferentes, cada um com sua respectiva referência a um pecado. Vi que, além de mim algumas pessoas escolheram a Ira para se transformar naquela atmosfera eletrizante e agitada graças à mixagem do DJ. Reconheci, no bar, uma das garotas que fazia parte do clube de jornalismo. Era famosa por suas fotos. Perto dela, alguns rapazes do time de Lacrosse e outras garotas que se agarravam a eles, provavelmente já alterados pela bebida.

— Ei, você é a garota das fotografias do clube de jornalismo, certo? — torci os lábios em um sorriso tímido. — Tenho certeza que vai tirar belas fotos hoje, todos estão muito bem produzidos.

Pedi para o barman um copo de água. Ele me olhou por alguns instantes, para logo depois sorrir e levantou os ombros, como se não se importasse com minha escolha. Logo o copo veio e eu voltei minha atenção para a moça, que não parecia estar caracterizada como os demais. Bem, isso era algo que não me interessava no momento, já que uma boa companhia era a primeira coisa que eu desejava antes da festa esquentar.

#This #Is #Bloody
Thanks ϟ
avatar
Andrew Lightwood
rebels (u)

rebels (u)

Mensagens : 32
Data de inscrição : 05/08/2016

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [RP OFICIAL] Os Sete Pecados

Mensagem por Huey Oakheart em Sab Ago 06, 2016 11:52 am

Deadly Sins
Devil's Lair


— Estava conversando com uma menina do clube do teatro — franzi os lábios ao lembrar da moça. — Aparentemente ela prefere conversar com as amigas e não me deu muita atenção. Então, você chegou.

Me aproximei da rainha e a beijei. A mesma sensação. Fogos de artifício imaginários explodiam em meu corpo. Sempre acontecia perto de Pandora, como uma atração magnética para a felicidade. Nos poucos segundos que transcorreram depois do beijo, pensei no garoto, o tal Josh.

Meus ciúmes, afinal, eram sem fundamento. Eles só estavam conversando. Aliás, ciúme era algo que eu precisava definitivamente eliminar de minha mente. Não fazia sentido algum temer a perda de alguém que eu sabia que podia confiar. Sempre.

Roupa - Orgulho(Soberba)
avatar
Huey Oakheart
luta (u)

luta (u)

Mensagens : 76
Data de inscrição : 28/06/2016

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [RP OFICIAL] Os Sete Pecados

Mensagem por Ryan M. Kennish em Sab Ago 06, 2016 7:32 pm


SINS!
do you like the feeling of your sins crawling on your back
maybe is a excuse for being lazy, hell if i know
E
u colocava minha roupa para ir para a tal festa. Minha preguiça foi inspirada na roupa já que não tenho muito saco de ficar decidindo o que usar quando eu vou para evento sociais, é tipo, dou o esforço de ir e ainda reclamam que o sapato que eu usei está errado. Mas como professor tenho que estar em vários eventos assim, reuniões, bailes, pelo menos quando vou dar aula posso ir com algo mais confortável ou ao meu gosto porque se não vou me demiti e tocar violão nas esquinas ganhar trocado porque não mereço isso. 

Botei um chinelo verde escuro e sai de casa com as chaves do carro. Dirigia pensando se ir nessa festa seria mesmo uma boa ideia quer dizer, não é um evento que um professor aparecia, provavelmente deve estar cheia dos meus alunos e eles podem se sentir desconfortável de algum modo mas quer saber eu mereço isso né... provavelmente não mas vou fingir que mereço para ter motivação para ir nessa festa, é claro. 

Como adoro o cheiro de adolescentes fazendo coisas da qual vai se arrepender daqui alguns ano ou amanhã de manhã bem cedo. E estava certo, vários dos meus alunos estavam aqui, vestidos com roupas diferentes, tinham os da preguiça como eu, a luxuria... Meus olhos encontraram Pandora, vestida de orgulho acho, não falei muito com ela desde, bom, dela sair do hospício e talvez seja a hora de falar com a garota afinal eu que detonei a vida dela poderia pelo menos deixar ela saber que ainda sou seu amigo. 

Fui até Pandora mas chegando perto percebi que tinha um rapaz a beijando, moreno, alto e para não parecer idiota e sair de la imediatamente eu disse sem mesmo perceber: — Pandora, Oi... — é eu sou muito bom com comunicação. — Faz um tempo que não nós falamos, como vai. — perguntei.

usando isso | with Pandora | Party





can you save my heavydirtysoul

death inspires like a dog inspire the rabbit
avatar
Ryan M. Kennish
PROFS

PROFS

Mensagens : 7
Data de inscrição : 05/07/2016

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [RP OFICIAL] Os Sete Pecados

Mensagem por Charles V. Blake em Dom Ago 07, 2016 2:34 am

we can party

you should be stronger

A
ssentiu com a cabeça e sorriu levemente com o apelido, havia tempos que não ouvia alguém a chamando daquela maneira. Usurlla estava assustando-a um pouco, por isso Fournier resolveu acalmar Josh por sua aparição.

— Tudo bem, ela já estava me dando um medo num ponto de eu ter que fingir estar mais bêbada que realmente estava. — gargalhou fitando o loiro.

Do nada o rapaz começou a olhar os arredores, tinha os olhos atentos e observava calmamente as pessoas. Virou-se novamente para a atriz e apontou para uma garota próxima, fazendo um desafio com uma recompensa bem atraente. Antes que pudesse aceitar a estudante semicerrou os olhos, pensando num desafio para o garoto também.

— O que eu não faço por bebida… — brincou. — Tudo bem… Desafio você a beijar aquele cara bem ali, vê?

Apontou para um garoto próximo que estava na companhia de uma jovem, não conseguiu identificar o pecado de nenhum dos dois, entretanto eles utilizavam belas fantasias. Antes que o outro pudesse responder, Charlotte levantou-se e saiu.

Caminhou lentamente até a desconhecida, sentando-se de seu lado quando chegou. Pediu ao barman a bebida mais forte que ele tivesse e assim que chegou, virou o copo de uma vez. Nunca foi uma pessoa tímida, mas queria ter alguma coisa pra colocar a culpa depois.

— Okay, vou direto ao ponto. — disse virando-se na direção da jornalista. A voz da britânica estava ainda mais rouca e seu sorriso era travesso. — Olá, tenho interesse!





avatar
Charles V. Blake
teatro (u)

teatro (u)

Mensagens : 25
Data de inscrição : 31/07/2016
Idade : 19
Localização : no seu quarto

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [RP OFICIAL] Os Sete Pecados

Mensagem por Charlotte Marie El-Hashem em Ter Ago 09, 2016 2:11 am

Os sete pecados

Ainda estava sendo considerada uma amadora para festinhas assim. Não sabia de fato beber muita bebida e demorar a ficar bêbada, essa era uma das coisas que me fazia fraca.  Precisava aprender a beber sem ficar chapada na segunda ou terceira dose de bebida – E eu iria muito bem aprender a fazer isso – Bebia toda minha bebida quando por fim o Dj começou a tocar “Move Your Body” da Sia. Um calor no meu corpo foi subindo e, por fim, consegui finalmente me entregar a música, fazendo movimentos seguindo o swing harmônico da música.

Pela primeira vez eu não estava dançando toda dura como antes, finalmente meu corpo estava se tornando cada vez mais mole, sentia todo meu corpo ficar mole, provavelmente amanhã eu sentiria as dores da dança de hoje porém isso não me importava, eu estava me divertindo e isso era a minha prioridade, uma prioridade que a muito tempo eu não havia conseguido, uma prioridade que tinha sido retirada de mim assim que eu comecei a vir morar em Burks.

Por um momento meu corpo gelou, ouvir alguém falando das minhas fotografias era algo realmente raro. Virei meu corpo para ver de quem era aquela voz e vi um menino, um menino cheio de tatuagens e com uma doce aparência, seu rosto jovial era algo que cairia bem em minhas fotos. Peguei minha câmera e foquei a lente no rosto do garoto. Contei até três e então retirei a foto que saiu maravilhosamente bem. Agradeci ao menino apertando as suas mãos e o respondi.

— Fico lisonjeada por tirar uma foto sua. E não fique tímido. Fico feliz que alguém nessa cidade tenha visto minhas fotos. Talvez essa noite realmente esteja adorável para retirar fotos, porém não estou naquelas condições de focar a lente muito bem, sabe?

Sorri ao menino e levantei meu copo de drinque a ele, fazendo um sinal de agradecimento. Reparei que o menino havia pedido um copo de água para o barman. Sorri e pedi mais dois copos de vodka para o barman que atendeu o meu pedido e rapidamente trouxe os copos. Olhei para o menino e esbocei um sorriso de malícia.

— Não creio que vai ficar só na água. Beba isso aqui, vamos brindar a esta linda festa e possivelmente as fotos que poderei tirar, estando bêbada ou não. E aliais, meu nome é Charlotte, mas pode me chamar de Charlie.

A música atualmente era uma desconhecida por mim mas era uma música com uma batida extremamente maneira. Ainda estava no bar, mas em breve voltaria para a pista para dançar e ver se continuava com todo meu molejo na dança. Uma menina havia se aproximado do mesmo bar que o meu e parecia ter me dado uma cantada. Sorri envergonhada e olhei para Andrew impressionada. Aquilo havia realmente me deixado super, super em graça. Sorri para a menina e levei minhas mãos  até meu cabelo, arrumando-o e o colocando para trás da orelha. Não havia entendido muio bem o “Tenho interesse” da menina, as vezes era difícil acompanhar minha linha de raciocínio e o fato do tenho interesse da menina havia me deixado intrigada.

— Anh.. é, oi? Esse lance do tenho interesse é para mim? Desculpe, eu não consegui discernir muito bem essa mensagem, não sei se é por estar quase chegando ao ápice de ficar possivelmente bêbada ou porque minha linha de raciocínio está completamente afetada pelo álcool. Poderia me explicar? A propósito, esse é um amigo meu, o conheci ainda agora, não sei de fato o nome dele mas, pelo menos, foi educado comigo assim como você pareceu ser. E fico lisonjeada por isto.

Sorri mais envergonhada ainda levando as mãos até os olhos e mordiscando os lábios. O que aquilo poderia ser? O que estava acontecendo ali?. Essas perguntas pairavam em minha mente e queria muito que todas elas fossem reveladas, através de mais bebida ou não.


avatar
Charlotte Marie El-Hashem
jornalismo (u)

jornalismo (u)

Mensagens : 6
Data de inscrição : 28/06/2016

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [RP OFICIAL] Os Sete Pecados

Mensagem por Andrew Lightwood em Ter Ago 09, 2016 9:41 am

Bloody Party

Ri quando Charlotte me ofereceu um copo de vodka. Era contra a minha conduta ceder aos vícios do homem. Mesmo assim, aceitei o copo e brindei com ela, sem encostar meus lábios no vidro frio.

— Não sou muito chegado a bebidas — comentei. — Minha mãe e meu padrasto são ótimos exemplos de como o álcool faz mal à saúde. Tenho que ficar o tempo todo ligando para eles, minha irmã mais nova ainda mora no mesmo prédio, sabe?

Abri a boca para elogiar a maneira como ela tirava suas fotos, mas uma garota surgiu ao meu lado. Claramente alterada por algum tipo de mistura, ela usou duas palavras que fizeram meus demônios internos rirem. "Tenho interesse. Ah, claro, eu tenho em te estrangular nesse momento, o que acha?" Balancei a cabeça negativamente, sorrindo com a reação da fotógrafa.

— Acho que ela quer te beijar — sussurrei no ouvido da moça que ainda segurava a câmera em uma mão e o copo de vodka na outra. Virei para a menina que aparentemente vestia o mesmo tema que eu. — Vou dar espaço às duas, vejo que têm muito para conversar.

Pousei o copo no balcão e observei com uma repentina curiosidade as falhas na estrutura de madeira e metal iluminada por lâmpadas LED.

#This #Is #Bloody
Thanks ϟ
avatar
Andrew Lightwood
rebels (u)

rebels (u)

Mensagens : 32
Data de inscrição : 05/08/2016

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [RP OFICIAL] Os Sete Pecados

Mensagem por Charles V. Blake em Ter Ago 09, 2016 4:35 pm

we can party

you should be stronger

A
baixou a cabeça para esconder que estava tão sem jeito quanto a morena em sua frente. Mesmo tendo feito tantos anos de teatro ainda era extremamente tímida para falar com as pessoas, já que o palco era como seu pedestal e ela sabia que quem estava ali estava para ouvi-la.

O sorriso que antes era travesso, tornou-se meigo e ela cumprimentou o amigo da garota que logo se retirou. Foi só ele fazer isso que a britânica sentiu-se ainda mais insegura e pediu outro copo de bebida para poder soltar-se ainda mais.

— Desculpa, eu fui rápido demais, né? Bebida realmente degrada nosso cérebro e faz a gente ser pior ainda em investidas. — brincou levantando a cabeça e bebericando o líquido. — Enfim, sou Charlotte ou Charlie, sei lá. E você, qual o seu nome?

A moça não queria assustá-la de maneira alguma, mas não era a melhor do mundo em tomar alguma iniciativa. Terminou mais um copo e o colocou no balcão sutilmente.

— Nunca soube que as festas daqui eram tão interessantes… — murmurou distraindo-se, entretanto piscando logo em seguida para fitar a outra. — O que está achando?

Tentou passar a sensação de que estava segura do que realmente, coisa que realmente não acontecia no momento.
avatar
Charles V. Blake
teatro (u)

teatro (u)

Mensagens : 25
Data de inscrição : 31/07/2016
Idade : 19
Localização : no seu quarto

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [RP OFICIAL] Os Sete Pecados

Mensagem por Carter Jones em Ter Ago 09, 2016 7:35 pm



I won't freeze you out
▄▄▄▄▄▄▄▄▄▄▄▄▄▄▄▄▄▄▄▄▄▄
I'm gonna let you in
And I won't freeze you out
Like I have been




— Ainda acho que é uma péssima ideia — revirei os olhos e arrumei as orelhas do pijama temático. — Vou supervisionar uma festa nesses trajes? E os demais guardas?

— Fazendo coisas mais interessantes — brincou a oficial que dirigia a viatura. — Vamos, Carter. Se anime. São só adolescentes, vão adorar sua roupa.

— Ok, mas você fica me devendo essa — cruzei os braços sobre o pijama de pikachu e comecei a rir. — Vou pagar o maior mico, mas ao menos um pouco de diversão vai compensar.

A viatura parou perto do portão da faculdade. Desci junto de Gunnar, o sargento que conheci durante a reunião com o xerife. Verifiquei se a arma e o taser estavam bem presos no elástico da cueca por baixo da roupa. Tudo certo. Apesar de estar praticamente nu, o tecido aquecia bastante, me fazendo ficar menos desconfortável com a situação.

— Preparado para um pouco de diversão, Gunnar? — olhei para meu colega que insistia em usar seu chapéu. — Lembre-se: sem álcool. Precisamos garantir que esses jovens fiquem em segurança e não nos juntar à turma dos bêbados.

"Estamos perdidos", pensei. Em parte era verdade. No entanto, toda a dúvida, toda a ironia e desconfiança desapareceu assim que o pátio externo se desdobrou diante de meus olhos. Era uma incrível decoração. Se temas diferentes, pistas de dança, bares e um DJ ao fundo.

Lembrei-me da época do colegial no Texas. O máximo que tive foi uma festa de formatura ao ar livre com três enormes churrasqueiras e alguma iluminação vinda dos postes e das luzes penduradas entre eles graças a um gerador emprestado pelo prefeito. Naquela noite, Nancy Taylor tentou me beijar. Vadia sem nexo. Ainda guardava rancor de quando ela simplesmente enjoara de mim e resolvera dançar com seu primo baixinho e cheio de espinhas.

Localizei a secretária do prefeito, uma das filhas da vice e alguns professores que ali curtiam o som. Balancei a cintura, fazendo a cauda do pijama me acompanhar e ensaiei um sorriso. Perfeito.

— E agora, o show — bati levemente nas costas de Gunnar. — Vai fazer a primeira ronda?


###

summoning ≡
with teens ≡
wearing this

Hell Hound
avatar
Carter Jones
polícia

polícia

Mensagens : 24
Data de inscrição : 22/07/2016

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [RP OFICIAL] Os Sete Pecados

Mensagem por Joshua Richards em Qui Ago 11, 2016 1:59 pm




Luxury Party
Let's going down
Baguncei levemente meu cabelo ruivo enquanto observava a garota também me propor um desafio e sair em direção a sua "presa". Eu ri e levantei o copo de bebida pro alto enquanto gritava.

— Beijar aquilo lá? De jeito nenhum! Aposta é toda sua!

Ela então se dirigiu até a garota e começaram a conversar. Peguei meu celular e comecei a tirar algumas fotos. Porém o beijo ainda não tinha rolado. Iria registrar aquela cena, pois de algum modo ela iria me ajudar.

Peguei mais algumas doses e as bebi, sem seguida saí para ir na pista dançar como se não houvesse amanhã.



this ain't a party get off the dance floor



thanks fallen angel for this code
avatar
Joshua Richards
canto (u)

canto (u)

Mensagens : 17
Data de inscrição : 31/07/2016
Idade : 19
Localização : Dando Close

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [RP OFICIAL] Os Sete Pecados

Mensagem por Gunnar Scott em Qui Ago 11, 2016 4:19 pm

It’s better put the blame on the Cuervo

Aquilo era simplesmente irracional não importa a maneira como ele tentasse enxergar. Se havia algo que poderia ser pior que dois policiais numa festa de adolescentes era um desses policiais estar vestido com algo amarelo bem gritante como Carter estava. No primeiro momento houve bastante estranhamento, no segundo momento Gunnar apenas deu de ombros ignorando qualquer loucura que poderia nascer a mais daquele momento. Não era opção, era ordem. A justificativa vocês já podem imaginar, pessoas morreram aqui, foram sequestradas acolá, a maldita cidade estava uma desgraça e parecia um cenário pior que os famosos tiroteios de faroeste onde existiam poucas testemunhas e muitos cadáveres, só para Hollywood porque a maioria dos pistoleiros era ruim de dar dó.
 
O sargento encarou o cenário urbano pela janela da viatura, o Pegeaut de ótima qualidade e de sirene desligada. Não via o menor sentido de se “infiltrar” numa festa de adolescentes, eram adolescentes, se não fizessem suas merdas agora não iriam aprender nada sobre a vida, o universo e tudo mais. Era certo que alguns anos atrás quando ele estava naquela posição ele chegou a ser baleado depois que o velho Laycock o pegou de calças arreadas com sua filha, Beckie Laycock, mas bem, era normal isso não é?! Gunnar correu de alguns tiros e um pai injuriado, claro que ficou com a cicatriz de presente da bala que perfurou o ombro esquerdo e se estilhaçou dentro de sua carne, mas bem. Era adolescente, naquele canto do país um homem tem todo o direito de ter sua arma e defender suas posses. Dada a experiência ele nunca mais mexeu com Beckie Laycock, o que apenas prova que certas merdas devem ser feitas durante a adolescência.
 
Talvez sua maior sorte naquela noite foi não ter se vestido da mesma forma que seu parceiro. Nada contra essas fantasias que mais parecem um alien constipado banhado em ouro, nem ele mesmo era capaz de se imaginar num tipo de indumentária daquelas. Para Gunnar bastava o cinto de fivela grande, as botas, a camisa xadrez e o tradicional chapéu. Não sabia como seria visto, mas estava completamente satisfeito.
 
A viatura parou, eles saíram, ele contemplou o estrago já feito por adolescentes e jovens adultos bêbados a nível de fazer o rim evaporar. Carter falou algo que num primeiro momento parecia o som dos portões do inferno se abrindo, Cérbero rosnando faminto e uma voz macabra soando ao fundo com o balançar de correntes: “Vóis que entrais, abandonais toda a esperança”; ele realmente poderia jurar de pés juntos ter ouvindo tudo isso. O sargento Scott engoliu a seco, sentiu o pomo-de-Adão subir e descer em seu pescoço como se arranhasse a garganta, era uma sensação bem sofrível. – Diversão? Eu não quero ver esse povo vomitando coisas que nem sabiam que comiam ou mesmo dando uma rapidinha num canto. Anote aí Carter, isso vai ser pior que coice de égua. – respondeu com um exímia agilidade enquanto ajeitava as calças e abaixava um pouco o chapéu. Pensando agora parecer uma toalha de mesa da vovó com um chapéu não era exatamente o sinônimo de discrição que ele procurava.
 
Entrou quase sendo ludibriado, estava ainda mais claro como aquelas pessoas ficavam tão loucas. A música altíssima sem sentido algum, o álcool, as possíveis drogas e aquela desgraça de luzes malucas. Mais alguns segundos olhando para elas e ele estaria dançando loucamente feito um canguru boxeador, por sorte teve discernimento o bastante para não ser ludibriado ainda mais forte. Sentiu uma mão em suas costas e virou-se de imediato fitando a pessoa, por sorte era Carter, estava tão perdido ali que já havia se esquecido dele. – Antes de mais nada, o que eu preciso saber aqui? Quais são nossas vacas premiadas e nossas galinhas de ouro? – indagou tentando manter a integridade e salubridade que o emprego e o cargo exigiam, apesar da péssima comparação; Queria saber apenas se já havia algum infrator conhecido naquela festa, algum Zé Droguinha, o rebelde-revolucionário-reacionário e os intocáveis, dos quais era melhor manter longe dos problemas para não ferrar com o plantão.
 
Enquanto ele aguardava a resposta olhou rapidamente para a direita vendo uma mulher, que não deveria ter passado dos vinte, rebolando até o show enquanto balançava o cabelo. Preferiu esquivar o olhar por motivos óbvios. Não importava o prisma sobre o qual se olhasse a situação, em todas elas era oficial, Gunnar Scott estava ferrado.



What if you were needing some restless heart kicking up dust in his fast car pulling right up to where you are? Oh, baby, what if you wanted to feel alive and make something of the time you're killing? What if you wanted somebody to love you right? What if I was willing?

Thank's Lyra' @CUPCAKEGRAPHICS
avatar
Gunnar Scott
polícia

polícia

Mensagens : 17
Data de inscrição : 04/08/2016
Idade : 27

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [RP OFICIAL] Os Sete Pecados

Mensagem por Pandora K. Henkölovsky em Qui Ago 11, 2016 6:33 pm

tagged: ryan kennish
i'm a f*cking queen
Eu não estava com ciumes quando Huey disse que estava com outra garota, quer dizer, eu deveria estar né, eu gosto dele mas nenhum ciume detectado em mim, isso é bom eu espero, quer dizer que eu confio nele até demais, certo, eu não sei mas ter um amigo, gostar de alguém assim é muito novo para mim não estou acostumada com isso mas acho que vou ao longo do tempo mas devo dizer que a parte do teatro me deixou brava, geralmente o pessoal leva essa parada de drama muito a sério então mais um grupo de pessoas que eu evito.


Coloquei a mão no ombro de Huey e disse. —Perda dela. —o disse ainda sorrindo.


Ele me beijou. Coloquei a mão na nuca do rapaz continuando o movimento. Eu conseguia sentir as borboletas na barriga, fogos de artifício e qualquer bobeira cliché que possa imaginar agora mas tudo foi interrompido por alguém, olhei e era Ryan. 


 — Ryan, ai meu deus... —sorri para mim mesma. Não havia falando muito com ele desde que eu voltei e vi ele na universidade quer dizer, não sabia o que falar então. — Quanto tempo. — abracei Ryan e depois pensei que deveria ter sido mais discreta sobre tudo isso.  —Huey, esse é um dos professores de música das universidade, Ryan Kennish. Ryan esse é meu amigo Huey. —apresentei os dois

Continuei sorrindo para mim mesma até começar a ficar pensando se Ryan iria contar o que aconteceu antes de eu vim para cá, o que nós dois passamos então enquanto Huey apertou a mão de Ryan eu disse o mesmo sem falar nada, apenas movendo meus lábios de uma maneira que ele entenda. 'Ele não sabe'.
avatar
Pandora K. Henkölovsky
loners (u)

loners (u)

Mensagens : 60
Data de inscrição : 28/06/2016

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [RP OFICIAL] Os Sete Pecados

Mensagem por Ursulla Nightwalker em Sex Ago 12, 2016 2:26 pm

Ursulla
Diva and Bloody Mary

— Oh — sorri ao ver que a tal Charlotte havia sido interceptada por um rapaz ruivo. — Adeus.

Brinquei com a taça entre meus dedos enquanto observava a movimentação dos convidados. Alguns se enturmavam, outros já caíam na pista de dança e mais alguns ficavam distantes, como eu. Percebi uma dupla de sujeitos um tanto fora do comum. Um deles vestia um pijama amarelo com orelhas, provavelmente de um desenho que as crianças do prédio vizinho ao meu gostavam de assistir.

O outro, usava um chapéu junto da farda de policial da cidade. Aquele, em especial, atiçou minha curiosidade. No entanto, ouvi alguém dizer um nome. Ryan, ou algo do tipo. Era a filha da vice-prefeita. Estreitei os olhos e procurei a fonte do som.

A tal Pandora estava lá, beijando um rapaz moreno e musculoso. Perto dela provavelmente o tal Ryan. Os arquivos referentes à garota voltaram à minha memória. Ela tinha um embaraçosa situação com aquele sujeito. Uma que eu tinha certeza; ela não espalharia para ninguém, nem para a pessoa que ela confiasse mais do que tudo no mundo.

Deixei a taça na mesa e abri espaço entre os estudantes. Não foi difícil chegar até lá, pois a menina era a mais chamativa entre os convidados, com uma roupa digna de uma rainha. Encostei minha mão direita em um dos ombros da moça e a esquerda em um dos braços do homem.

— Querido, que saudades de você — abracei o homem e cravei minhas unhas em suas costas. — Me desculpem, mas eu não esperava o encontrar nessa festa. Podem me emprestar um pouquinho o Ryan? Temos que colocar o papo em dia.

Pisquei para Pandora e movi os lábios de forma a elaborar a frase "eu sei de tudo, me agradece depois". Puxei o homem que, segundo meus estudos, era professor daquela universidade, para um canto mais distante do casal de adolescentes e me virei para ele.

— Ela me custa dois meses de férias e você resolve aparecer para estragar o clima? — sibilei. — Eu sei de todo o rolo entre os dois, agora me explique: qual a razão de atrapalhar a filha da minha chefe em um momento tão romântico?


ϟ
Love

avatar
Ursulla Nightwalker
outros

outros

Mensagens : 34
Data de inscrição : 22/07/2016

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [RP OFICIAL] Os Sete Pecados

Mensagem por Ryan M. Kennish em Seg Ago 15, 2016 6:23 pm


SINS!
do you like the feeling of your sins crawling on your back
maybe is a excuse for being lazy, hell if i know
A
inda não acredito que ela havia me abraçado, achei que Pandora iria ficar desconfortável com a situação e iria querer me ver o mais longe possível. Queria poder ser o amigo dela de volta porque até mesmo quando era seu professor no colegial ela ficava depois da aula para ficar falando comigo. Pandora nunca foi muito social com os outros alunos, ela tinha um modo de ver o mundo diferente e agia como tal então como ela era diferente pessoas tende a se afastar ou fazer bullying mas sempre protegia a mesma. Obviamente a garota não havia mudado muito mas nunca tinha visto com um namorado antes, isso me surpreendeu. O garoto estava apenas com um terno, já Pandora estava bem produzida, maquiagem, vestido, coroa... absolutamente linda.

Eu a abraçava de volta feliz com o reencontro e também por ter a coragem de ter ido falar com ela, eu chego a ser pessimista em vários aspectos, o que não deve surpreender ninguém, minha cara já grita negação, o que não deve ser algo bom em nenhuma maneira mas fazer o que tenho que viver com o rosto que a genica dos meus pais me deram, aqueles filhos da puta que nem souberam criar uma criança que não fosse problemática. 

— Prazer em conhecer você, Huey — apertei a mão do jovem e Pandora me 'disse' que não o menino não sabia sobre o acidente que aconteceu, ou bem, que nós  fizemos para ser mais honesto. — É tão bom poder falar com você de novo, Panda. — admitir sorrindo de volta para ela. — Espero que podemo... — fui interrompido por uma louca que me chamou de querido e me agarrou nas costas com as unhas, o que doeu um pouco.


A mulher loira me levou longe de Pandora e de Huey e começou a falar merda que nem me interessava e querendo se meter onde não deve, o que começou a me deixar com raiva e isso não era um bom sinal. Comecei a contar até dez na minha cabeça para que nada de mal aconteça com ninguém essa noite.

Eu e Pandora somos velhos amigos...  — falei a verdade da maneira simples — Eu não tinha visto que ela estava com uma garoto até meio caminho de ir falar com ela. — expliquei. — E como eu trato ela como gente e não um jeito de ganhar promoção eu gostaria que você pare de fazer isso quando eu falar com ela. — disse não querendo ser grosso mas fui porque eu posso.

 usando isso | with Pandora | Party





can you save my heavydirtysoul

death inspires like a dog inspire the rabbit
avatar
Ryan M. Kennish
PROFS

PROFS

Mensagens : 7
Data de inscrição : 05/07/2016

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [RP OFICIAL] Os Sete Pecados

Mensagem por Ursulla Nightwalker em Seg Ago 15, 2016 6:37 pm

Ursulla
Diva and Bloody Mary


— Como eu disse — revirei os olhos. — Sei muito bem da sua relação com a Pandora. Faz parte do meu trabalho. Ah, tanto faz.

Aproveitei a pouca distância entre nosso corpos e avancei para cima dele, o beijando. Agarrei o cabelo de sua nuca e me inclinei no balcão de um dos bares. Me separei brevemente do rapaz para morder seu lábio inferior.

— O garoto, no entanto, vai permanecer sem saber de nada — encarei o tal Ryan. — Combinado? O que acha de dizer que sua "velha amiga" quer conversar longamente com você, e deixamos os dois sozinhos um pouco? Prometo que não faço muitos estragos e te libero antes da meia-noite. Gatinho.

O provoquei abrindo e fechando minhas mãos com as unhas postiças repletas de diamantes negros. Arrumei meu cabelo e dispensei o rapaz atrás do bar que me oferecia um drink. Já estava no clima, não queria ficar mais alterada do que o normal, que já era bem acima do padrão.


ϟ
Love

avatar
Ursulla Nightwalker
outros

outros

Mensagens : 34
Data de inscrição : 22/07/2016

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [RP OFICIAL] Os Sete Pecados

Mensagem por Camille H. Kriechtesky em Seg Ago 15, 2016 9:10 pm

i'm too lazy for this shit
Eu pensei mesmo se  essa festa seria uma boa ideia, quer dizer amigos dos meus filhos estariam lá e não queria deixar eles desconfortáveis mas eu deveria ir né, alguns colegas meus da universidade iam então não teria nenhum problema e espero que algum adulto que eu conheça esteja lá também, não quero ficar sozinha no bar ia ser a coisa mais triste da face da terra.


Próximo passo, qual pecado eu vou escolher, estava em duvida entre Ira e Preguiça e como não tenho muita paciência sobre o que usar exatamente escolhi a Preguiça. Coloquei uma camisa azul marinho, uma calcinha box rosa bebê e um roupão de seda da mesma cor que a camisa. Meu cabelo estava eu um rabo-de-cavalo meio bagunçado. Quase sem maquiagem, botei o chinelo e chaves do carro e estava pronta para ir.


Minha ida de carro me fez pensar se minha filha ia estar lá, Oliver não estará porque ele consegui ser pior do que eu quando o assunto é evento sociais mas soube que estava numa festa das garotas do prefeito então deve ser um mal caminho porque não confio muito nelas mas bom por ter se socializado e deveria ser um exemplo de vez em quando, mais um motivo de ir para essa festa.


Cheguei, olhei em volta e nada de reconhecer alguém então fui até o bar, parecia ser uma boa ideia no momento, pedi uma coca com vodka e vi do lado Ryan, um amigo meu da universidade, beijando uma mulher loira toda extravagante, arregalei o olhos e voltei a beber. Percebi que o mesmo ficava parado lá em choque então fui até lá entre os dois sabendo que ganharia um tapa ou coisa assim mas acho que Ryan está praticamente pedindo ajuda pelos olhos que nem aquela youtuber mas acho que ele tava dando mais sinais de socorro do que ela.


Oi Ryan, como vai. —fui sendo gentil e segurando no braço dele. — Quem é essa sua amiga, querido. — perguntei meio jogando a falsa indireta que estávamos juntos, o que não é verdade mas era só para que a loira fosse embora.



i think about the end just way too much but it's fun to fantasize


I'm a slave to your games I'm just a sucker for pain
I wanna chain you up I wanna tie you down I'm just a sucker for pain
avatar
Camille H. Kriechtesky
PROFS

PROFS

Mensagens : 18
Data de inscrição : 13/07/2016

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [RP OFICIAL] Os Sete Pecados

Mensagem por Blair H. Kingsley em Seg Ago 15, 2016 10:01 pm

I'M NOT AFRAID OF ( GOD ) I'M AFRAID OF ( MAN )
Mais uma festa idiota da qual fui convidada, não posso evitar quer dizer, eu sou popular então é claro que vou ser convidada mas tem umas coisas que são meio desnecessárias mas essa até que parece ser legal, pecados, ótimo tema só espero que a decoração esteja melhor que o tema porque as festa que eu fui e vi o quanto tudo estava fora do lugar, as cores tinham nada ver e tudo estava errado então quero que pelo menos essa festa seja decente, pessoas não sabem mais como arrumar uma simples festa hoje em dia, é horrível. 


Coloquei minha roupa, um vestido estampado com dólares, e obvio que o pecado que escolhi foi a ganancia, eu sei ironia escolher esse pecado para mim, já que eu sou gananciosa mas olha eu já usei meu dinheiro para várias coisas boas, caridade, resgate para animais então podem calar as suas bocas.

 
Sai do carro depois que meu motorista abriu para mim, alguns me reconheceram quando estava entrando o que me fez dar um sorriso arrogante. Entrei, a decoração estava boa e várias pessoas estavam se divertindo, sai procurando alguns de meus amigos na pressa acabei esbarrando em alguém que no final das contas era Nero.

 
Oi Nero. — disse meio envergonhada com o acontecido. — Desculpa estava procurando o pessoal... —respondi ajeitando meu cabelo.
OOC wearing this - with: Nero.
TEMPLATE BY MINNIE OF SHINE
avatar
Blair H. Kingsley
populares (u)

populares (u)

Mensagens : 5
Data de inscrição : 14/08/2016

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [RP OFICIAL] Os Sete Pecados

Mensagem por Huey Oakheart em Ter Ago 16, 2016 12:15 am

Deadly Sins
Devil's Lair
— Ah... olá — sorri um pouco corado ao perceber que um homem conversava com Pandora. Para mim, a sensação de estar próximo da razão de minha vida ainda era nova, mas não deixava de ser revigorante.

Poucos segundos depois, o que se declarava professor de música da moça de cabelo azul foi interceptado por uma mulher loira e muito bem vestida. Revirei os olhos e voltei minha atenção para a rainha em minha frente.

— Legal o seu professor, Pandora — sorri para ela como se a visse pela primeira vez. "Todas as vezes são únicas", pensei. — Ei, quer dançar um pouco? Estive ensaiando uma surpresa para você.

Coloquei as mãos nos bolsos até alcançar o celular. Lá estaria a música que havia ensaiado durante as últimas semanas com Ethan. Talvez, só talvez, aquele fosse o momento perfeito para mostrar o que havia aprendido.

avatar
Huey Oakheart
luta (u)

luta (u)

Mensagens : 76
Data de inscrição : 28/06/2016

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [RP OFICIAL] Os Sete Pecados

Mensagem por Carter Jones em Ter Ago 16, 2016 10:55 am



I won't freeze you out
▄▄▄▄▄▄▄▄▄▄▄▄▄▄▄▄▄▄▄▄▄▄
I'm gonna let you in
And I won't freeze you out
Like I have been




Não contive o riso ao perceber que meu colega estava extremamente tenso com toda a situação. Para mim, era só mais um meio que levava a um fim. Normalmente também era algo que me interessava, já que, ao contrário de Gunnar, eu gostava de festas.

— Pode começar por aqueles três "prêmios" ali — comentei e cutuquei meu colega, apontando para um trio de adultos que conversava de uma maneira não tão amigável. — Eu fico na pista de dança, de lá terei uma noção de espaço um pouco melhor e um tempo de reação mais curto no caso de alguma emergência, ok? Vamos.

Me separei do sargento e caminhei calmamente até a pista de dança. A cauda amarela balançava a cada metro vencido, o que me fazia rir por dentro. Perto de mim, além de diversos jovens com copos na mão se acabando de dançar na pista, estava um rapaz ruivo com trajes mínimos de coelho. Sorri. "Mais criativo do que os oficiais da delegacia. Da próxima vez eu mesmo penso no que vestir."

— A música é incrível, não acha? — elevei meu tom de voz para que ultrapassasse o volume das batidas eletrônicas, me dirigindo ao ruivo.


###

summoning ≡
with teens ≡
wearing this

Hell Hound
avatar
Carter Jones
polícia

polícia

Mensagens : 24
Data de inscrição : 22/07/2016

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [RP OFICIAL] Os Sete Pecados

Mensagem por Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Página 2 de 3 Anterior  1, 2, 3  Seguinte

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum